Corinthians se reúne com empresário para rescindir contrato de Jorge Henrique

Corinthians se reúne com empresário para rescindir contrato de Jorge Henrique

Corinthians se reúne com empresário para rescindir contrato de Jorge Henrique

Corinthians se reúne com empresário para rescindir contrato de Jorge Henrique

Por Gustavo Franceschini e Luiz Paulo Montes
Do UOL, em São Paulo


A situação de Jorge Henrique no Corinthians deverá ser definida nesta terça-feira. Dirigentes do clube agendaram para esta tarde uma reunião com o empresário do atacante, Roberto Gomes, para discutir a melhor maneira de definir a saída do jogador.

Afastado por indisciplina no último dia 9 de maio, Jorge Henrique até tentou limpar sua barra com o técnico Tite ao se desculpar publicamente, mas o UOL Esporte apurou que o comandante gaúcho perdeu a confiança no camisa 23 após uma mentira contada por ele para justificar a falta a um treinamento na véspera da semifinal do Paulistão.

Tite não deve participar da reunião, mas será consultado antes de qualquer decisão. Duílio Monteiro Alves e Roberto de Andrade deverão ser os representantes do campeão paulista na reunião com Gomes. O empresário apresentará propostas de clubes interessados no futebol de seu cliente, mas o contrato do atacante, válido até o fim de 2014, deverá ser rescindido.

Diretores e comissão técnica conversaram e chegaram à decisão de que não vale a pena dar mais uma chance para o atacante. Pessoas do clube garantem que esta não foi a única falha do jogador nos últimos tempos. O afastamento ocorreu pois ele teria chegado ao limite, e Tite, para não perder o comando do grupo, optou pelo afastamento.

No dia 8, Jorge faltou a um treinamento e alegou que havia passado a noite no hospital com a filha. De acordo com o jornal Lance!, porém, ele teria se esbaldado na noite paulistana na véspera. Os dirigentes souberam pouco depois a história 'verdadeira', e levaram ao conhecimento de Tite, que ficou decepcionado.

Em entrevista à Rádio Transamérica, Roberto de Andrade, diretor do Corinthians, afirmou que Jorge Henrique tentou 'fazer todos de bobo', e admitiu que o futuro do atacante deverá ser longe do atual campeão mundial.

'A possibilidade de ficar é mais difícil, pela forma como foi, o desgaste para ele e comissão técnica. A tendência é que ele deixe o Corinthians. A diretoria tem de tomar a atitude em cima de fato, que vai contra a regra do ambiente. Você passar por cima disso é uma coisa. Passar por cima disso e querer fazer que todo mundo acredite numa história, querer fazer os outros de bobo, não dá certo', declarou o dirigente.

Desde então, o jogador treina em horários separados dos demais companheiros e sequer participou da festa do título paulista, na Vila Belmiro, após o empate por 1 a 1 com o Santos, e nem da comemoração em uma casa noturna na capital paulista. A única manifestação ocorreu através do Twitter, por onde comemorou a conquista.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes