Polícia justifica tomada de bandeira que deflagrou pancadaria na Vila Belmiro

Polícia justifica tomada de bandeira que deflagrou pancadaria na Vila Belmiro

Polícia justifica tomada de bandeira que deflagrou pancadaria na Vila Belmiro

Polícia justifica tomada de bandeira que deflagrou pancadaria na Vila Belmiro

A conduta criticada da Polícia Militar no incidente contra a torcida do Santos, antes da final do Paulista no último domingo na Vila Belmiro, ganhou justificativas do Major Luís Gonzaga de Oliveira Jr. A iniciativa de tomada de uma bandeira corintiana das mãos dos santistas teria acontecido, segundo o oficial de segurança, como medida preventiva a um confronto.

No domingo, os policiais identificaram santistas com uma bandeira da torcida do Corinthians nas imediações do estádio, aparentemente prontos para atear fogo a ela. Os PMs destacados para ação acabaram agindo com bombas de efeito moral e incitando a revolta violenta da massa.

O tumulto concentrado na rua Princesa Isabel durou cerca de 20 minutos. Pelo menos um torcedor foi retirado do local desmaiado.

'Os corintianos estavam dispostos a pegar a bandeira de volta. Tínhamos a informação de que essa bandeira havia sido tomada. Antes que corintianos entrassem na área destinada à torcida do Santos, resolvemos tentar deter o individuo que estava com a bandeira', declarou o Major Oliveira Jr. em entrevista ao 'Bom Dia, São Paulo', na TV Globo.

O oficial da PM paulista ainda comentou o incidente com os sinalizadores da torcida corintiana, arremessados no campo no final da partida. Major Oliveira Jr. afirmou acreditar que os visitantes usaram artimanhas para ingressar na Vila Belmiro com o artefato.

'Eles costumam usar todos os artifícios, até por meio de cordas fora do estádio', declarou.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes