Diretoria do Corinthians decide o futuro de seus medalhões

Diretoria do Corinthians decide o futuro de seus medalhões

12 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

A situação de três jogadores com contratos que vencem em dezembro está nas mãos da diretoria do Corinthians. Alessandro, Chicão e Emerson têm vínculos até o final deste ano.

O caso mais delicado é o de Emerson, titular absoluto e alvo de outros clubes que estão no Brasileiro. Como o campeonato vai parar após cinco rodadas, vão se intensificar as negociações para renovação ou até rescisão de contrato. “A bola está com eles”, disse o empresário Reinaldo Pitta, sobre uma possível renovação de contrato de Emerson Sheik. “Tivemos uma reunião há duas semanas e estamos na espera. A preferência de Emerson, claro, é ficar no Corinthians.”

O problema é que, com vínculo terminando em dezembro, o atacante poderia assinar um pré-contrato com outro clube já no meio do ano. É esse impasse que a diretoria do Corinthians e empresário do jogador tentam resolver. Essa nova rodada de negociação será para definir temas como tempo de um novo contrato, por mais um ano, e se haverá aumento de salário. Emerson, de 34 anos, é um dos jogadores que têm rendimentos mais altos do elenco. A diretoria corintiana admite que tem interesse em continuar com Sheik no elenco por pelo menos mais uma temporada.

O caso de Emerson é diferente de Alessandro e Chicão. O lateral-direito pode se aposentar ao final da temporada – não há pressa para se chegar a um acordo. E o zagueiro, que hoje é reserva, pode até ser negociado. Chicão recebeu algumas sondagens e a diretoria admite negociá-lo em troca de alguma compensação financeira. Aos 32 anos, Chicão está no clube desde 2008, na Série B.

A diretoria já foi atrás de outros zagueiros, todos eles mais jovens. Um deles é Cléber, de 22 anos, da Ponte Preta – um dos atletas sondados que disputaram o Paulista. O volante Jocinei, de 23 anos, e que disputou a Série A-2 do Paulista pelo Rio Claro, também interessa.

O Corinthians ainda espera nova reunião com representantes de Ibson, que está no Flamengo. A diretoria está otimista e afirma que pode fechar com o meia até amanhã. Ibson viria sem custo porque está se desligando do clube carioca. Ele é considerado um substituto para Paulinho, que deve ir para o futebol europeu no segundo semestre.

Indefinição
O caso Jorge Henrique continua parado. O clube ainda não se reuniu com empresário do jogador para decidir o futuro do atacante, afastado por indisciplina.

É certo que Jorge Henrique não continua no Corinthians e deve ser usado como moeda de troca, porque tem contrato até dezembro de 2014.

Fonte: Agora MS

Veja Mais:

  • Maycon (à esq.) não fica após Copa; Rodriguinho e Jadson devem receber ofertas

    Andrés diz que Corinthians deve perder três titulares durante janela de transferências

    ver detalhes
  • Walmir e Carille batem papo durante treino; ambos deixam Corinthians rumo ao Al-Wehda

    'Pego de surpresa', braço-direito de Carille diz ter poucas informações sobre clube saudita

    ver detalhes
  • Balbuena foi capitão na última partida entre os dois times

    Corinthians defende bom retrospecto contra o Internacional neste domingo; veja números

    ver detalhes
  • Bicicleta de Bale inspira zoeira entre corinthianos na web: 'Parecia o Romero!'

    Bicicleta de Bale inspira zoeira entre corinthianos na web; confira melhores tweets

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes