Andrés Sanches de olho no futebol de MT

Andrés Sanches de olho no futebol de MT

Andrés Sánchez, ex-presidente do Corinthians, não se conforma com o fato de Cuiabá ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014 sem contar com um clube na primeira divisão e ainda não ter tradição futebolística. Atendendo convite do empresário Rowles Magalhães, o ex-presidente do Corinthians chegou a Cuiabá na quarta-feira, acompanhado de Marcus Buaiz, CEO da empresa 9ine, com um plano na bagagem: investir em um projeto para dar início à transformação. O primeiro passo seria desenvolver um projeto social em Cuiabá com Ronaldo ‘Fenômeno’ e parceria com Governo e iniciativa privada. Para Sánchez a Copa do Mundo pode ser a alavanca do futebol mato-grossense.

“Cuiabá é uma sede da Copa 2014 e terá as atenções do mundo voltadas para cá daqui a um ano. É impossível que a cidade não tenha um time na elite do futebol. Creio que não seja por carência de profissionais, mas por falta de planejamento e estímulo. A médio ou longo prazo, é possível sim que um bom trabalho traga ótimos resultados. Gostaria de realizar uma ação aqui e contribuir com o desenvolvimento do futebol”, declarou Sánchez, com a experiência de quem é bem sucedido na gestão de futebol.

A ideia do ex-presidente do Corinthians é implantar um projeto social nos moldes dos grandes centros, seguindo o padrão da ‘Fundação Fenômeno’, que trabalha com garotos na faixa etária dos 5 aos 12 anos. A fundação toca 67 centros de treinamento em todo o Brasil e ainda três no exterior, sendo duas em Los Angeles (Estados Unidos) e uma no México, revelando valores para o futebol.

Um projeto desta envergadura em Cuiabá, já nasceria grande, uma vez que Ronaldo 'Fenômeno' conta com parceiros de peso a exemplo das empresas Claro, Ambev e Extra. Para instalar a escola de Ronaldo ‘Fenômeno’ em Cuiabá, Sánchez espera contar com apoio do Governo do Estado e de empresas do Estado com a visão de apoio a projetos sociais e ao futebol. Ele teve uma primeira reunião com parceiros na quinta-feira para começar a traçar estes planos.

“Estamos discutindo parcerias para montar uma forte estrutura. Ainda não temos nada definido por aqui e estamos iniciando do zero. Apostamos na visão dos homens deste Estado para trazermos este projeto. Creio ser possível fazer um investimento interessante no Estado”, ressaltou Sánchez, que vê um momento propício: “Cuiabá não tem expressão no futebol, mas com esta Copa, será a cereja do bolo. Está na hora da projeção”, salientou Sánchez.

Ao destacar que soma grandes amigos em Cuiabá, citando o empresário de futebol Rowles Magalhães, Andrés Sánchez revelou que tem um carinho especial com a cidade. “Eu sempre venho a Cuiabá e quero participar da história desta cidade no contexto do futebol. Então, pretendo dar minha contribuição começando por este projeto social”, complementou.

Hoje responsável pelas obras da Arena Corinthians, onde acontecerá a abertura do Mundial 2014 e ainda atuando como conselheiro do Corinthians, Sánchez, que já foi diretor de seleções da CBF (2011 e 2012), diz ter enfrentado muitos desafios na vida. Como trazer Ronaldo ‘Fenômeno’ ao Timão em dezembro de 2008 em uma das maiores contratações da história do futebol brasileiro. Agora, Sánchez pretende que Cuiabá seja sua próxima missão.

Fonte: Diário de Cuiabá

Veja Mais:

  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Com Luan 'impossível', Timão deve voltar ao mercado para analisar outras opções à defesa

    Sem campeão olímpico, Corinthians monitora novas opções para zaga

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes