Com Muricy fora, Tite se isola como técnico mais longevo do Brasileiro

Com Muricy fora, Tite se isola como técnico mais longevo do Brasileiro

Com Muricy fora, Tite se isola como técnico mais longevo do Brasileiro

Com Muricy fora, Tite se isola como técnico mais longevo do Brasileiro

Do UOL, em São Paulo

 Com a demissão de Muricy Ramalho, Tite está ainda mais folgado no posto de técnico há mais tempo no mesmo clube entre aqueles que disputam a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Contratado em outubro de 2010, o comandante alvinegro já fez história no Parque São Jorge e, mesmo com o time em um momento ruim, ainda está longe de ser questionado.

Muricy estava no Santos desde abril de 2011, portanto seis meses depois da chegada de Tite ao rival. Na última sexta, não aguentou a pressão pelo mau desempenho do time e foi demitido. Agora, o segundo na lista de longevidade é Abel Braga, contratado pelo Fluminense em junho de 2011.

 Não por acaso, os clubes foram aqueles que tiveram maior sucesso em campo na última temporada. O próximo da lista, Cuca, contratado em agosto de 2011 pelo hoje aclamado Atlético-MG, também comprova a eficiência da manutenção.

Quando chegou para sua segunda passagem pelo Corinthians, Tite tinha a missão de salvar o título brasileiro de 2010 depois da desastrosa era Adilson Batista. Não conseguiu. Meses depois, ele ainda veria sua equipe cair na pré-Libertadores diante do Tolima, em um vexame histórico.

Depois disso, o Corinthians se reergueu e venceu Brasileiro, Libertadores, Mundial e Paulista. Com quatro taças, Tite chegou ao posto de técnico mais vezes campeão no clube, empatado com o lendário Oswaldo Brandão. O contrato do comandante termina no fim desta temporada, mas o clube já manifestou interesse em prorrogar o compromisso.

Nem o atual momento do time parece preocupar a direção. O Corinthians começou o Brasileiro com dois empates, contra Botafogo e Goiás, e Tite foi bastante 'cornetado' por torcedores nas redes sociais. Questionado, ele pede que não se avalie o placar e esbanja confiança em uma retomada de seus comandados.

'Tem de estar sempre atento, mas não vamos analisar só resultado. Se analisar só isso eu vou ficar louco. Dos últimos cinco gols que tomamos, três foram de bola parada, coloquei isso pra eles hoje [sexta]. Mesmo tendo modificado a equipe, dá para ter uma concentração maior e evitar. Dá pra melhorar. Traduzir em gols as jogadas criadas', disse Tite.

Foto: Reprodução/UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians na capital paulista é do tamanho das três rivais juntas

    Nova pesquisa aponta tamanho da Fiel igual à soma das três torcidas rivais

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o Brusque nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil

    Corinthians inicia semana com decisão pela Copa do Brasil e outro clássico na Arena

    ver detalhes
  • Jadson deve fazer sua reestreia contra o Brusque, em Santa Catarina

    Reestreia de Jadson em Santa Catarina deve ser confirmada nesta segunda-feira

    ver detalhes
  • Cássio falou do bom momento do Corinthians neste início do ano

    Goleiro do Corinthians destaca dedicação, comprometimento e respeito ao comando

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes