Cotado para assumir o Porto, Mano se diz disposto a trabalhar no exterior

Cotado para assumir o Porto, Mano se diz disposto a trabalhar no exterior

Cotado para assumir o Porto, Mano se diz disposto a trabalhar no exterior

Cotado para assumir o Porto, Mano se diz disposto a trabalhar no exterior

 Sem treinar uma equipe desde que foi demitido da seleção brasileira, em novembro do ano passado, o técnico Mano Menezes vem sendo especulado como futuro treinador do Porto e admitiu nesta terça-feira a possibilidade de trabalhar fora do país.

'Voltarei a trabalhar no segundo semestre deste ano, e existe a possibilidade de ir para o exterior. A opção de treinar fora do Brasil é uma preferência, mas só com um bom projeto', disse Mano à rádio portuguesa 'Antena 1'.

A imprensa de Portugal aponta o ex-técnico da seleção como o mais provável sucessor de Vítor Pereira, treinador do Porto nas duas últimas temporadas e cujo contrato terminará ainda neste mês.

'Estrategicamente, tenho que aproveitar a experiência internacional que tive com a seleção brasileira e o reconhecimento que tenho fora do país', acrescentou.

As especulações em torno ao futuro de Vítor Pereira voltaram a ser alimentadas pelo presidente do clube, Nuno Pinto da Costa. Recentemente, o dirigente não quis dizer se chegou a um acordo pela renovação de contrato do treinador, mas garantiu, em tom enigmático, que já tem um técnico, que será anunciado até o próximo dia 12.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes