Malouda pode vir de graça para o Corinthians segundo imprensa britânica

Malouda pode vir de graça para o Corinthians segundo imprensa britânica

Por Meu Timão

Malouda, de 32 anos, pode jogar no Corinthians de graça

Malouda, de 32 anos, pode jogar no Corinthians de graça

Na Inglaterra, os clubes são obrigados a comunicar se não vão renovar os vínculos com seus atletas e o francês Malouda, que foi cogitado no Corinthians segundo a imprensa inglesa não terá seu vínculo renovado com o Chelsea.

No final de maio, o jornal britânico 'Daily Mail' informou o interesse do Timão no meia e se o Corinthians realmente contratá-lo, o Chelsea poderá não receber nada pela transferência.

Procurado, seu agente disse que ainda não houve nenhum contato mas não descarta a hipótese:

- Não descarto a possibilidade de ele vir ao Brasil - disse agente, ciente da vontade do jogador.

Em 2012, Malouda esteve próximo de acertar a sua transferência para o Brasil. Na ocasião, o meia esteve bem próximo de atuar pelo o Vasco, com o meia Juninho Pernambucano que fez história no Lyon, exercendo o papel de "intermediador" do negócio.

Além do meia, outros jogadores devem ser dispensados do Chelsea, agora comdado pelo José Mourinho. Os goleiros Turnbull e Hilário, o lateral Paulo Ferreira e o meia Benayoun estão na lista.

Veja Mais:

  • Guilherme Arana é um dos principais jogadores do país em 2017

    Time espanhol trata Arana como prioridade e deve apresentar nova oferta para o Corinthians

    ver detalhes
  • Romero e Balbuena foram convocados pelo técnico Arce

    Lesão não impede convocação de Balbuena; Paraguai libera lista com os jogadores do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians não vê jogo da equipe na TV aberta há quase um mês

    Fiel só tem uma opção para assistir na TV ao jogo do Corinthians contra Chapecoense

    ver detalhes
  • Elias deixou o Corinthians há um ano para reforçar o Sporting, de Portugal

    Por momento ruim do Atlético-MG, Elias cogita retorno ao Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes