Timão passa de novo em branco e empata com Lusa

Timão passa de novo em branco e empata com Lusa

Pato, que está há 10 jogos sem marcar, não passou pela marcação de Valdomiro

Pato, que está há 10 jogos sem marcar, não passou pela marcação de Valdomiro

Foto: Nelson Coelho/Diário SP

Há algo errado com o Corinthians. Após a eliminação na Libertadores, o título Brasileiro foi eleito como prioridade no Parque São Jorge. O time não consegue fazer gols. Prova disso foi o empate neste sábado, em 0 a 0, contra a Portuguesa, no Pacaembu.

O esquema tático montado por Edson Pimenta, o coronel Pimenta, técnico da Lusa, foi perfeito. Fechou-se bem e saiu para os contra-ataques. Faltou qualidade para concluí-las. Isso não é culpa dele. Também teve sorte. O Timão mandou duas bolas na trave.

O Alvinegro tem com o que se preocupar. Em cinco rodadas no torneio, fez apenas três gols. Sem Paulinho, um volante, a perda de poder de fogo é considerável. Alexandre Pato completou dez partidas sem balançar a rede. Guerrero, na seleção peruana, não atuou. Emerson Sheik tem apenas um gol até agora. Tite contava chegar ao intervalo da Copa das Confederações com dez pontos. Está com seis.

Sem chances / O jogo deixou bastante a desejar. Em nome da ofensividade, o técnico corintiano colocou em campo dupla de ataque que, a princípio, era reticente em usar. Emerson Sheik começou bem e não conseguiu manter o ritmo. Pato tem sérias dificuldade de finalização. Algumas vezes, parece ser mais do que isso. Ibson, em sua estreia, fez belo lançamento de trivela para o camisa 7. Este tentou dominar. A bola bateu no seu rosto e saiu de controle.

Muito pouco aconteceu nos primeiros 45 minutos. O Corinthians ficou preso à marcação e a Portuguesa teve uma boa chance em cabeçada de Diogo. Apenas isso. Mas a disciplina tática da equipe do Canindé pode ser a chave para que não honre a condição de uma das favoritas ao rebaixamento. Especialmente a dupla de zaga Lima e Valdomiro foi preponderante em campo. Dominaram totalmente a área de defesa no primeiro tempo.

Após o intervalo, o Corinthians saiu mais. A princípio, sem sucesso ou coordenação. Ibson tentava encontrar seu espaço em campo. Com o passar do tempo, o time partiu de vez para o ataque, quase no abafa. Romarinho acertou a trave. Praticamente no último lance, Gil fez o mesmo.

A falta de pontaria está minando o Corinthians.

Ficha técnica

Corinthians
4-4-2
Cássio; Alessandro (Willian Arão), Paulo André (Ibson), Gil e Igor; Ralf, Guilherme, Danilo e Douglas (Romarinho); Emerson Sheik e Alexandre Pato
T: Tite

Portuguesa
4-5-1
Gledson; Ivan, Valdomiro, Lima e Rogério; Bruninho , Corrêa, Souza (Jean Mota), Cañete e Matheus; Diogo
T: Edson Pimenta

BRASILEIRÃO > 1º TURNO -; 5ª RODADA
Onde: Pacaembu, em São Paulo
Juiz: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Renda e público: R$ 993.277/33.219

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes