Alexandre Pato agora é maloqueiro e sofredor

Alexandre Pato agora é maloqueiro e sofredor

A movimentação de Pato está diferente da esperada pelo treinador

A movimentação de Pato está diferente da esperada pelo treinador

Foto: Fotoarena

Pato chegou ao Corinthians no começo deste ano tentando se adaptar ao clube. Vestiu a camisa da principal organizada, disse se considerar mais um louco do bando, falou gírias usadas pela torcida e fez juras de amor. Faltou só um pequeno detalhe para virar maloqueiro e sofredor, graças a Deus: ser corintiano em campo.

Nos primeiros passos, durante o Paulista e o início da Libertadores, isso acabou não fazendo tanta diferença. Os gols saíram, seja no rebote após a bola bater no travessão ou de pênalti. Porém, quando a situação começou a apertar, Pato sentiu.

Tite deixou o campo no domingo, após o empate com a Portuguesa, dizendo que o atacante tentava assumir a cara do Timão. De fato, ele não está completamente adaptado ao estilo adotado pelo treinador.

Na marcação, por exemplo ainda deixa a desejar. Não cerca a saída de bola do adversário com a mesma intensidade de Sheik e Danilo. Até por isso, o time ficou bem aquém nesse aspecto nas últimas exibições.

Sua movimentação também está diferente da esperada pelo treinador. Guerrero é mais lento do que o camisa 7, contudo, na maioria das partidas, consegue se movimentar melhor. Pato parece mais perdido em campo do que os demais.

Some isso a alguns detalhes como o estilo de passe dos companheiros, o jeito como gosta de receber a bola e, claro, a capacidade de definir melhor quando a chance parece.

Ajustes finos que, como Tite espera, deixarão Pato com a cara do Corinthians também dentro das quatro linhas.

jejum/ Além da adaptação total ao estilo de jogo da equipe, o peso do jejum está mexendo com a cabeça de Pato. O atacante não balança a rede há dez partidas e, na arquibancada, o número de reclamações sobre suas atuações aumentou.

Não é o fim do mundo. Talento, ele tem. Falta apenas adaptar essa qualidade às características do time. Assim, Pato certamente fará jus aos R$ 40 milhões investidos nele.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Fiel apoiou Timão no treino pré-Dérbi em Itaquera

    Fiel provoca rival na Arena: 'Você não vive sem a Série B'; assista

    ver detalhes
  • Bandeiras de mastro na Arena Corinthians

    'O melhor treino para o maior clássico do mundo', por Bruno Teixeira Rolo

    ver detalhes
  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes