Advogado do ex-goleiro Bruno aponta Fábio Santos como o pai do filho da Eliza Samudio

Advogado do ex-goleiro Bruno aponta Fábio Santos como o pai do filho da Eliza Samudio

A defesa do ex-goleiro Bruno Fernandes de Souza deve pedir nesta semana um exame de DNA para comprovar se o filho de Eliza Samudio é mesmo filho dele, segundo afirmou o advogado Lúcio Adolfo da Silva nesta terça-feira (11).

A justificativa que ele irá apresentar é que circulam boatos de que o menino pode ser filho do jogador de futebol Fábio Santos, lateral do Corinthians.

"Existe uma informação neste sentido [de que o filho não seria de Bruno]", afirmou o advogado Lúcio Adolfo da Silva ao deixar o STF (Supremo Tribunal Federal) nesta tarde, após os ministros terem negado um pedido de liberdade em favor do ex-jogador.

Segundo o advogado, nunca foi feito nenhum exame de DNA porque Bruno fez o reconhecimento da paternidade de forma espontânea. No entanto, já corre processo no TJ do Rio de Janeiro sobre o assunto. O pedido de exame genético, segundo será feito à Justiça do Rio de Janeiro, onde corre o processo.

"Vou dizer [no pedido] que o Bruno tomou conhecimento através de amigos, de outras pessoas de que ele não é o pai do menino", disse. "Só para tirar a dúvida, eu pago o [exame do] DNA."

Fábio Santos, por meio de sua assessoria de imprensa, diz que o único contato que teve com Eliza foi quando ela ficava em frente ao CT do São Paulo esperando os jogadores para tirar fotos. Como ela estava lá praticamente todo dia, era uma figura conhecida. Ela chegou, inclusive, a tirar foto com ele. No entanto, ele diz que jamais chegou a conversar muito com ela e também não lembra de alguma vez tê-la visto em alguma festa ou algo do gênero. Segundo ele, a acusação do advogado não tem fundamento. Provavelmente, caso o assunto venha à tona, ele irá tomar medidas judiciais. Revelado pelas categorias de base do São Paulo, o lateral ficou lá de 2003 a 2007 no elenco profissional.

Caso fique comprovado que o ex-goleiro não é mesmo o pai, o advogado acredita que isso poderá ter impacto na sentença dele porque um dos motivos do crime apontados pela acusação é que o Bruno mandou matá-la porque não queria reconhecer a paternidade. "No crime, acho que não [terá uma reviravolta], mas na sentença, sim. Levou-se muito em consideração na hora de dar sentença o motivo. E se esse motivo for para o brejo?"

De mesma forma, disse o advogado, o resultado negativo de DNA provaria que Eliza usava o filho para tentar extorquir dinheiro de Bruno. "Se você descobre que o filho não é do Bruno, o que se pode pensar da Eliza? Que ela o induziu a erro, que ela o estava extorquindo."

O ex-jogador foi condenado a mais de 22 anos de prisão pelo assassinato da ex-amante. Ele está preso desde 2010 na penitenciária de segurança máxima Nelson Hungria, na cidade de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O advogado explicou as suas suspeitas com base na informação de que Eliza mantinha um relacionamento com Santos e também na semelhança física entre o filho dela e o tal jogador. Silva chegou a mostrar a jornalistas a montagem de uma foto do filho de Eliza com Fábio Santos.

"O problema é que esse moço que estão falando que é o pai do Bruninho tinha um caso com Eliza Samudio, inclusive, na prova do processo está lá. Esse é o Bruninho e esse é o Fábio Santos, lateral do Corinthians", disse, apontando para a foto.

Silva afirmou que o Bruno está pagando pensão alimentícia para o filho de Eliza, mas não soube confirmar o valor.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Rodriguinho marcou o gol da vitória do Corinthians contra o Atlético-GO

    Corinthians se impõe fora de casa, vence Atlético-GO e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Mulherada do Corinthians goleou por 22 a 0 neste domingo

    Rival inicia jogo com nove jogadoras, e mulherada do Corinthians/Audax aplica goleada histórica

    ver detalhes
  • Arana foi eleito o melhor corinthiano em campo pela Fiel

    Nem mesmo gol garante melhor nota para Rodriguinho; lateral rouba a cena no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho comemora gol da vitória em Goiânia

    Corinthians fecha domingo como líder do Brasileiro; cartões amarelos colocam Timão no topo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes