Prefeitura de São Paulo atrasa obras no 'lado B' da Arena Corinthians

Prefeitura de São Paulo atrasa obras no 'lado B' da Arena Corinthians

A Prefeitura de São Paulo deixou à sombra dos holofotes lançados sobre o estádio do Corinthians, palco da abertura da Copa de 2014, pelo menos 20 obras de urbanização na região de Itaquera e Guaianases, na zona leste.

As obras, orçadas em R$ 130 milhões, deveriam ter ficado prontas em 2010.

Agora, depois de procurada pela Folha, a administração municipal afirma que elas serão concluídas em outubro de 2014 --daqui a um ano e cinco meses.

Ao contrário da região onde será o futuro estádio, onde se mantém um ritmo alucinante de trabalhos também em seus arredores e onde em menos de três anos serão entregues o campo e outras cinco intervenções viárias complexas, as outras obras de urbanização ainda nem saíram do papel.

Esse é o caso, por exemplo, do trecho onde deveria ter sido construída um a ligação entre a Nova Radial e a avenida Águia de Haia, perto do shopping Itaquera.

No local onde deveria existir pelo menos um canteiro de obras, ainda há uma grande ocupação irregular, com casas, que nem começou a ser retirada dali.

As mais de 20 intervenções, muitas delas fundamentais para unir os bairros de Itaquera e Guaianases, beneficiarão de forma direta aproximadamente 1,5 milhão de pessoas.

VESTÍGIOS

A Folha visitou os pontos listados no contrato assinado há cinco anos entre empreiteiras e prefeitura. Encontrou apenas dois vestígios de obras.

Em ritmo lento, nas margens do eixo da Radial Leste, uma construtora fazia a passagem subterrânea sob a avenida.

Mais à frente, em Guaianases, foram entregues apenas 300 metros dos mais de mil previstos de canalização do córrego Itaquera Mirim.

LEGADO

"As obras que não saíram do papel são transposições [da radial e do leito ferroviário], canalizações e várias ligações que melhorariam muito a vida das pessoas", afirma o advogado Fábio Pereira, que mora perto do futuro estádio.

Várias delas, por exemplo, aumentariam o fluxo de carros, inclusive na própria Radial Leste.

O advogado diz estranhar bastante quando as autoridades falam em legado da Copa para toda a zona leste.

"O trânsito e o deslocamento das pessoas serão feitos da mesma forma depois da Copa."

Fonte: Folha de São Paulo

Veja Mais:

  • Nenê foi oferecido nos últimos dias para a diretoria do Corinthians

    Nenê é oferecido ao Corinthians; até troca com dois jogadores alvinegros é sugerida

    ver detalhes
  • Zagueiro tem 29 jogos pelo Corinthians: 14 vitórias, dez empates e apenas cinco derrotas

    Novo titular, Pedro Henrique 'perdoa' Guerrero e fala grosso: 'Corinthians briga para ser campeão'

    ver detalhes
  • Mendoza e Bruno Paulo não jogaram nenhuma partida oficial pelo Corinthians em 2017

    Por que Marciel, Mendoza e Bruno Paulo estão sumidos no Corinthians? Carille responde

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille pode ter novidades no setor defensivo nas próximas semanas

    Carille vê Pablo próximo do 'fico', teme perder Balbuena e projeta novo zagueiro no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes