Corinthians atinge meta com venda de Paulinho e fatura mais que Santos por Neymar

Corinthians atinge meta com venda de Paulinho e fatura mais que Santos por Neymar

Corinthians atinge meta com venda de Paulinho e fatura mais que Santos por Neymar

Corinthians atinge meta com venda de Paulinho e fatura mais que Santos por Neymar

A diretoria do Corinthians está empolgada com o acerto de venda de Paulinho. A análise é de que o Tottenham-ING cumpriu a expectativa ao atingir o valor da multa rescisória de 20 milhões de euros (cerca de R$ 59 milhões), conforme apurou o UOL Esporte. Desta forma, o lucro corintiano é maior até do que o obtido pelo Santos na negociação de Neymar com o Barcelona.
 
O Corinthians é detentor de 50% dos direitos econômicos de Paulinho ?' a metade restante pertence ao Audax ?' e fica com R$ 28,5 milhões com a transação. Por Neymar, o Santos ficou com R$ 26 milhões.
 
O Santos passou a informação aos associados de que o clube recebeu 17 milhões de euros (cerca de R$ 49 milhões) com a venda de Neymar e ficou apenas com 9 milhões de euros (aproximadamente R$ 26 milhões),o equivalente a 55%. Da quantia restante, 40% foram repassados ao Grupo DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, e 5% a Teisa, grupo de investidores formados por conselheiros influentes no clube.

Segundo fontes ouvidas pelo reportagem do UOL Esporte, a proposta foi formalizada pelo Tottenham na noite da última sexta-feira diretamente ao Corinthians, que aceitou. O jogador também gostou e deu sinal positivo. O volante, no entanto, prefere encerrar a Copa das Confederações para depois realizar a assinatura contratual.
 
Em agosto do ano passado, o Corinthians comprou 50% dos direitos econômicos de Paulinho junto ao BMG por R$ 15 milhões, de acordo com o blog do Birner. Assim, o lucro do clube no período é de R$ 13,5 milhões.
 
Já o Santos vendeu Neymar recentemente e ainda acertou um jogo amistoso com o Barcelona no Brasil (o outro será na Espanha). Segundo o Comitê Gestor, o clube terá direito a receber 4,5 milhões de euros caso o duelo acertado não aconteça por desistência do time catalão ou por proibição da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Os dirigentes negam que essa tenha sido uma manobra para faturar mais com o negócio.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes