Gobbi minimiza peso da "saída iminente" de Paulinho

Gobbi minimiza peso da "saída iminente" de Paulinho

Gobbi minimiza peso da "saída iminente" de Paulinho

Gobbi minimiza peso da "saída iminente" de Paulinho

O volante Paulinho ainda não assinou contrato com o Tottenham e chegou a dizer, no último sábado, que só irá analisar a proposta do clube inglês após defender a seleção brasileira na Copa das Confederações. O Corinthians, porém, já trabalha com a realidade de que precisará se virar sem o jogador, até porque já aceitou a oferta de 20 milhões de euros (cerca de R$ 59 milhões), valor da multa rescisória de contrato, feita pelos ingleses.


O clube é detentor de 50% dos direitos econômicos de Paulinho - a outra metade pertence ao Audax-SP, clube formador do atleta -, e deverá receber aproximadamente R$ 29,5 milhões pela transação. E, nesta quarta-feira, por meio de carta aberta aos torcedores corintianos, o presidente do Corinthians, Mário Gobbi, deixou claro que a saída do jogador do Parque São Jorge está muito próxima e aproveitou para minimizar o peso que a mesma terá para o clube.

E o dirigente até lembrou da capacidade que o time teve de repor volantes que deixaram o clube nos últimos tempos para 'consolar' os corintianos. 'Com a saída iminente de Paulinho, confiamos no futebol dos outros volantes que estão sendo preparados há algum tempo, como Guilherme e Edenílson, ou mesmo no recém-contratado Ibson. Acreditamos que eles possam assumir a posição, assim como aconteceu com o próprio Paulinho no lugar do Jucilei. Ou mesmo com o Jucilei na vaga do Elias', ressaltou.

Na carta que publicou nesta quarta-feira, Gobbi também deixou nas entrelinhas a impressão de que não pode ir contra o suposto desejo do próprio Paulinho de atuar a partir deste segundo semestre em um grande centro do futebol europeu, fato que também deverá garantir ao jogador a sua independência financeira.

'Além das contratações, também sofremos assédio dos principais clubes do mundo sobre alguns de nossos principais jogadores. Fazemos todo o esforço para mantê-los, mas temos que avaliar as boas propostas e entender os objetivos e anseios de vida de cada um de nossos atletas', escreveu o dirigente.

Gobbi também fez questão de enumerar as últimas contratações feitas pelo Corinthians, lembrando que o clube vem se preparando para o início de um 'novo ciclo'. 'Contratamos Alexandre Pato, Gil, Ibson, Jocinei, Maldonado, Renato Augusto e Walter, e estamos de olho em novas oportunidades que possam aparecer para enriquecer ainda mais o nosso elenco de futebol profissional', enfatizou o presidente.

O dirigente ainda destacou, no início de sua carta, que 'no Corinthians o ciclo planejado vai de agosto a agosto e um novo ajuste está em fase de conclusão para o recomeço que é casado com o término da disputa da Copa Libertadores e a grande janela de transferências do mercado internacional'.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes