Após título, mercado da bola volta a se agitar para jogadores da seleção

Após título, mercado da bola volta a se agitar para jogadores da seleção

Após título, mercado da bola volta a se agitar para jogadores da seleção

Após título, mercado da bola volta a se agitar para jogadores da seleção

Em meio à Copa das Confederações, alguns jogadores da seleção brasileira deixaram as negociações de seus futuros paralisadas. Paulinho, Julio Cesar, Hulk e Bernard são os que viram seus nomes envolvidos em especulações desde que se apresentaram para treinamentos, ainda em maio. Agora, com o fim do torneio e o título após a vitória por 3 a 0 sobre a Espanha, o mercado se agita.

Paulinho está muito próximo de um acerto com o Tottenham, da Inglaterra. Na semana passada, o ainda volante do Corinthians admitiu que recebeu a proposta do clube inglês, mas só a analisaria depois da Copa das Confederações. O futuro dele deve ser resolvido e anunciado ainda nesta semana.

'É impossível eu falar alguma coisa. Vou sentar com o Corinthians, com o meu representante e ai sim vou decidir. Quando eu tomar a decisão eu vou apresentar a todos vocês', afirmou o volante. Na quarta-feira, o time paulista disputa o jogo de ida da Recopa Sul-americana, contra o São Paulo, e Paulinho não deve entrar em campo.

[[BANNER]]

Julio Cesar, eleito melhor goleiro da Copa das Confederações e um dos destaques da final, deve deixar o QPR, rebaixado na última temporada para a segunda divisão do futebol inglês. A imprensa local divulgou neste fim de semana que ele é alvo do Arsenal, e as negociações estão em andamento. Na Itália, fala-se que a Roma é outra interessada no goleiro, que poderia voltar ao país após um ano na Inglaterra - atuou na Inter de Milão até 2012.

'Meu futuro está incerto, minha realidade é o QPR, eu tenho contrato até 2016. Agora nas férias vou voltar a conversar com as pessoas responsáveis pela minha carreira pra gente ver o que a gente faz', afirmou o camisa 12 de Felipão.

Hulk, titular de Felipão, é outro que pode agitar o mercado em uma transferência milionária. Dono de uma das maiores transações do futebol, quando foi para o Zenit (RUS), ele é desejado pelo Chelsea. O preço pedido pelos russos é cerca de 65 milhões de euros.

'A partir de amanhã [segunda-feira] vou tirar férias, aí vou falar com meu empresário a respeito. Não quis pensar em mercado no meio da Copa das Confederações, tentei ficar focado só no torneio', disse o jogador.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    Em vídeo, Gabriel reitera desculpas por gesto obsceno: 'Não faz parte do meu caráter'

    ver detalhes
  • Clayson comemora gol sobre o São Paulo, o primeiro dele pelo Timão

    Na raça! Clayson decide, Corinthians empata no Morumbi e mantém invencibilidade contra rival

    ver detalhes
  • Líder do Brasileirão, Corinthians empatou com o São Paulo por 1 a 1 neste domingo

    Com tropeço do Grêmio, Corinthians vê rivais se aproximarem na tabela; veja classificação

    ver detalhes
  • Clayson assegurou empate fora de casa ao Timão

    Cássio brilha, mas reserva é eleito o melhor do Corinthians no clássico; Jadson destoa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes