Diretoria já admite perder Emerson Sheik, mas não de graça

Diretoria já admite perder Emerson Sheik, mas não de graça

38 mil visualizações 184 comentários Comunicar erro

Caso dispute mais dois jogos, Sheik não poderá ir para outro clube da Série A

Caso dispute mais dois jogos, Sheik não poderá ir para outro clube da Série A

Foto: Rodrigo Coca / Fotoarena

O Flamengo está mesmo decidido a tirar Emerson Sheik do Corinthians. Nesta quinta-feira, o clube carioca fez uma proposta oficial pelo jogador, oferecendo-lhe dois anos de contrato e um salário equivalente ao que ele recebe na equipe alvinegra (R$ 400 mil mensais). O Rubro-Negro pediu para o atacante forçar a barra e conseguir uma rescisão contratual sem custos.

O Alvinegro, por outro lado, ainda não chegou a um acordo com o atacante para renovar o vínculo atual. Porém, não aceita perder o herói do título da Libertadores de graça.

'Se eles quiserem levá-lo agora, vão ter de pagar alguma coisa', afirmou ao DIÁRIO o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade.

Levando-se em consideração o salário do jogador e a proximidade do fim de seu acordo atual -; que vai até dezembro -;, o Rubro-Negro teria de desembolsar uma quantia entre R$ 1 milhão e R$ 2 milhões.

Agora, não!/ Apesar do imbróglio, o Timão não quer resolver a questão agora, faltando menos de uma semana para a decisão da Recopa Sul-Americana contra o São Paulo.

'Só depois desse jogo vamos chamar o jogador para tentar chegar a um acordo', explicou Roberto de Andrade.

Para esse acordo ocorrer, contudo, uma das partes terá de ceder. Emerson exige que o Corinthians renove seu contrato por duas temporadas. O Timão, porém, ofereceu apenas mais um ano ao jogador.

Apesar de o Sheik ser um ídolo, os dirigentes temem fazer um vínculo mais longo, devido à idade avançada do atacante (34 anos), além de seu histórico de mancadas, que inclui faltas e atrasos em treinos.

Os receios do timão

Mancadas frequentes
Quem não se lembra de Emerson chegando de helicóptero ao CT do Parque Ecológico para amenizar o atraso em um treino? Esse é só um exemplo das várias mancadas que o atacante já deu, com atrasos e faltas no clube.

Receio de relaxamento
O herói do título da Libertadores está com 34 anos e quer renovar seu vínculo por mais duas temporadas para encerrar sua carreira no Timão. A diretoria alvinegra, porém, teme que o jogador relaxe em seu rendimento justamente por assinar seu último contrato.

Idade avançada
A média de idade do atual elenco do Corinthians é de 24,9 anos. Portanto, os 34 anos que Emerson carrega nas costas também são uma desvantagem para ele.

Chegada de Alexandre Pato
Emerson ainda sofre com a concorrência de Alexandre Pato. Além de jovem, o Timão pagou uma fortuna pelo jogador, que amarga a reserva, por disputar posição com o veterano.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Corinthians foi derrotado pelo Cruzeiro e ficou com o vice-campeonato na Copa do Brasil

    Corinthians tem parte da premiação na Copa do Brasil bloqueada por dívida; clube rebate

    ver detalhes
  • Emprestado pelo Corinthians, Gustagol é o artilheiro do futebol brasileiro em 2018

    Gustavo tem mais gols em jogos oficiais que todos os atacantes do Corinthians somados

    ver detalhes
  • Tite durante a histórica goleada sofrida pelo Corinthians para a Portuguesa em 2013

    Corinthians se aproxima de sequência negativa que quase fez Tite se demitir

    ver detalhes
  • Vôlei alvinegro começa sua caminhada na Superliga nesta semana

    Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes