Em nota oficial, Corinthians desmente matéria da Folha de São Paulo deste domingo

Em nota oficial, Corinthians desmente matéria da Folha de São Paulo deste domingo

Por Meu Timão

Defederico tinha parte dos direitos pertencentes a empresa panamenha

Defederico tinha parte dos direitos pertencentes a empresa panamenha

Foto: Eduardo Viana

Após matéria na Folha de São Paulo, deste domingo, que acusava o Corinthians e outros clubes de fazerem negociações em paraísos fiscais. Em nota oficial, o clube explicou, porém, o destino do dinheiro: o valor de U$2,1 milhões citado na matéria, correspondia a parte da compra dos direitos do atleta Defederico. Veja a nota na íntegra:

A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista faz questão de vir a público esclarecer a matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo neste domingo (14).

O valor de US$ 2,1 milhões, citado na matéria, pagos entre 2009 e 2011 a uma empresa do Panamá, se refere à compra do atacante argentino Matias Defederico, que tinha os direitos divididos entre o clube Huracán, da Argentina, e a empresa Blue Sand Internacional, com sede no Panamá, que justamente por isso, recebeu os valores no seu país.

Veja Mais:

  • Com contas aprovadas, Roberto de Andrade evitou novo processo de impeachment

    Em votação tensa, gestão de Roberto de Andrade tem finanças aprovadas por Conselho do Corinthians

    ver detalhes
  • Timão prepara novo mosaico para ser exibido na decisão do Paulista

    Corinthians prepara novo mosaico para final do Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Wladimir será o mais novo colunista do Meu Timão

    Herói de 77 será colunista do Meu Timão

    ver detalhes
  • Inaugurada em 2014, Arena tem custo total avaliado em R$ 1,6 bilhão

    Corinthians foi omisso com projeto da Arena, aponta auditoria

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes