Seleção FI do Brasileirão tem meias artilheiros e apenas um atacante

Seleção FI do Brasileirão tem meias artilheiros e apenas um atacante

Seleção FI do Brasileirão tem meias artilheiros e apenas um atacante

Seleção FI do Brasileirão tem meias artilheiros e apenas um atacante

Botafogo e Coritiba dividem a liderança do Campeonato Brasileiro depois da oitava rodada, realizada no último final de semana. Eles são seguidos de perto por Cruzeiro e Internacional, que venceram São Paulo e Flamengo, respectivamente. Nos clássicos, o Ba-Vi terminou empatado sem gols e o Vasco bateu o Fluminense no Maracanã. Vale lembrar que a partida entre Atlético-MG e Ponte Preta foi adiada devido a presença do Galo na final da Copa Libertadores.


A Seleção FI da oitava rodada vem com uma formação um pouco diferente. Com um meio-campo bastante congestionado e artilheiro, o técnico Oswaldo de Oliveira escalou os melhores no 4-5-1, com apenas Luan no setor ofensivo. Goiás, Cruzeiro e Botafogo foram os times que colocaram mais jogadores - dois cada um.

Confira a Seleção Futebol Interior da 8ª rodada:

Jefferson (Botafogo);

Mayke (Cruzeiro), Juan (Internacional), Matheus Ferraz (Criciúma) e William Matheus (Goiás);

Feijão (Bahia), Renato (Botafogo), Renan Oliveira (Goiás), Juninho Pernambucano (Vasco) e Alex (Coritiba);

Luan (Cruzeiro) e

Técnico - Osvaldo de Oliveira (Botafogo)

Goleiro: Jefferson (Botafogo)
O Botafogo não teve uma grande atuação contra o Náutico, mas mesmo assim venceu por 2 a 0. No entanto, Jefferson teve que trabalhar mais do que todo mundo esperava e não decepcionou. É um dos principais líderes do elenco alvinegro e contribui muito orientando os companheiros. No sábado, fez pelo menos três importantes defesas, garantindo a tranquila vitória.

Lateral-direito: Mayke (Cruzeiro)
Não apareceu muito lá na frente, mas foi muito importante no sistema defensivo, contribuindo para um bom desempenho da defesa celeste. Impediu que Clemente Rodríguez chegasse com frequência na frente e também não deu espaços para Osvaldo, que era constantemente acionado.

Zagueiro: Juan (Internacional)
Quando tudo parecia definido no duelo entre Colorado e Flamengo, o zagueiro foi até a área e meteu a cabeça na bola depois de cobrança de falta de Ednei, garantindo a vitória do Inter por 1 a 0. Além de balançar as redes, o defensor ainda faz sua parte lá trás, mostrando segurança por cima e por baixo.

Zagueiro: Matheus Ferraz (Criciúma)
Depois de três partidas sem vencer, o Tigre reencontrou o caminho das vitórias graças à Matheus Ferraz. O zagueiro, que segurou bem na parte defensiva, também desceu ao ataque para marcar o segundo gol dos catarinenses na vitória sobre o Grêmio por 2 a 1. Esse foi o terceiro gol de Ferraz no Brasileirão.

Lateral-esquerdo: William Matheus (Goiás)
Depois de Renan Oliveira, foi, ao lado de Walter e Tartá, um dos grandes responsáveis pela vitória esmeraldina sobre a Portuguesa. Não deu espaços para Ivan no sistema defensivo e apareceu várias vezes lá na frente, sendo a válvula de escape do time comandado por Enderson Moreira. Tentou marcar um golaço ao surpreender Lauro, mas não obteve sucesso.

Volante: Renato (Botafogo)
Revelado pelo Guarani, com passagem pelo Santos e futebol da Espanha, o volante de 'pegada constante' parece estar voltando aos seus melhores dias. Foi assim na apertada, porém, justa vitória sobre o Náutico, lanterninha da temporada. Renato foi muito bem no meio-campo, marcando, dando passes - e depois de cabeça marcou o segundo gol botafoguense.

Volante: Feijão (Bahia)
O Ba-Vi deste domingo foi bastante equilibrado, diferente dos realizados no primeiro semestre, e boa parte se deve ao poder de marcação demonstrado pelo Tricolor, já que o Vitória era melhor tecnicamente. Feijão se destacou no meio-campo, não desgrudando de Renato Cajá e Escudero. Apesar de ter recebido um cartão amarelo, fez poucas faltas.

Meia: Renan Oliveira (Goiás)
Foi o cara na vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 1, no Serra Dourada. No fim do primeiro tempo, deixou tudo igual depois de tabelar com Walter e tocar com categoria na saída de Lauro. Depois, recebeu novamente do atacante e acertou um lindo chute no canto direito do goleiro. Acabou sendo substituído e foi bastante aplaudido pelos torcedores esmeraldinos.

Meia: Alex (Coritiba)
Se continuar jogando do jeito que está, tem tudo para ser eleito um dos melhores do Brasileirão. Anunciado no início do ano como o principal reforço do Coritiba, Alex vem escrevendo ainda mais seu nome na história do clube. Contra o Santos, fez mais uma partida praticamente perfeita e manteve o Coxa entre os melhores, dividindo a liderança com o Botafogo. Marcou dois gols e impediu a derrota na Vila Belmiro.

Meia: Juninho Pernambucano (Vasco)
Juninho comandou o Vasco na vitória sobre o Fluminense, por 3 a 1, no Maracanã. O meia fez o gol que abriu o placar, e depois ainda deu grande assistência para o feito do limitado André. O "Reizinho", como é conhecido no Rio, fez sua reestreia com a camisa alvinegra depois de uma passagem conturbado pela Red Bull, de Nova Iorque.

Atacante: Luan (Cruzeiro)
O São Paulo vem passando por uma crise sem fim, mas Luan não tem nada com isso. No sábado, calou o Morumbi com três gols, garantiu a vitória do Cruzeiro e de quebra encostou em Maxi Biancucchi, do Vitória, na artilharia do Brasileirão, chegando aos quatro. O primeiro foi um golaço, pegando cruzamento de primeira. Depois, nos outros dois, teve a tranquilidade de tirar de Rogério Ceni.

Técnico: Oswaldo de Oliveira (Botafogo)
O Botafogo vem passando por um momento delicado financeiramente, mas isso não reflete dentro de campo, tanto que o time está dividindo a liderança do Campeonato Brasileiro com o Criciúma. Claro que os jogadores merecem méritos, mas não podemos deixar de enaltecer o trabalho de Oswaldo de Oliveira, que vem blindando o elenco.

Além disso, o comandante conseguiu manter o time bem mesmo depois das saídas de importantes jogadores - Jadson, Fellype Gabriel e Andrezinho.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes