Pra evitar prejuízos, ex-corinthianos Willian e Jucilei podem ser negociados pelo Anzhi

Pra evitar prejuízos, ex-corinthianos Willian e Jucilei podem ser negociados pelo Anzhi

Por Meu Timão

54 mil visualizações 191 comentários Comunicar erro

Jucilei ganhando de 5x0 do São Paulo

Jucilei ganhando de 5x0 do São Paulo

O empresário russo que dirige o Anzhi disse que não terá mais prejuízos no clube. E pra isso, alguns jogadores devem ser negociados como os ex-corinthianos Willian e Jucilei.

A negociação do Willian está mais avançada e seu destino deverá ser o Chelsea enquanto Jucilei ainda aguarda uma proposta.

Willian veio da base do Corinthians e jogou no clube entre 2006 e 2007, saindo do clube por R$56 milhões de reais para o Shakhtar Donetsk. Até hoje foi a transferência mais cara de um jogador que saiu pro Corinthians.

Já Jucilei chegou do Timão em 2009 e jogou até 2011, quando foi negociado com o próprio Anzhi. Jucilei era visto como um volante de qualidade que sabia sair jogando, chegou do Corinthians Paranaense, ficou na reserva por um tempo mas soube aproveitar oportunidade de ser titular após a saída do Cristian.

Outro que pode estar disponível pra ser negociado no time russo é o camarones Samuel Eto'o, jogador com o salário mais alto do time.

Veja Mais:

  • Jair Ventura conduziu treino aberto do Timão na Arena pré-final da Copa do Brasil

    Em treino na Arena, Jair preserva zagueiro e não indica escalação do Corinthians para final

    ver detalhes
  • Caio Mello (à esq.) e Ivan Grava (dir.) durante treino do Timão no CT

    Corinthians vai se reunir com fisioterapeuta e médico que bateram boca em treino

    ver detalhes
  • Fiel compareceu em peso na Arena Corinthians no treino aberto desta terça-feira

    Corinthians volta a encher Arena em treino aberto antes de decisão da Copa do Brasil; veja fotos

    ver detalhes
  • Final da Copa do Brasil, entre Corinthians e Cruzeiro, terá transmissão nas redes Cinemark

    Finalíssima entre Corinthians e Cruzeiro tem transmissão exclusiva nos cinemas

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes