Bebês viram público-alvo dos clubes e salvam times em crise

Bebês viram público-alvo dos clubes e salvam times em crise

Bebês viram público-alvo dos clubes e salvam times em crise

Bebês viram público-alvo dos clubes e salvam times em crise

Uma das principais vontades da maioria dos pais é passar o seu time do coração para o filho. Por isso, o mercado de produtos licenciados de clubes para bebês tem crescido nos últimos anos.

Sylvio Tieppo, responsável pela criação da marca SPR, que tem lojas como a Poderoso Timão, Espaço Glorioso e São Paulo Mania, vê neste público-alvo um potencial muito grande. 'Esse público é muito forte. A venda deste tipo de produtos é fantástica. É tão boa que a gente resolveu importar muitos produtos para atender a demanda das lojas', disse Sylvio.

Segundo o design, a venda de produtos é diretamente relacionada ao momento do clube, mas, ao contrário do que acontece com os adultos, os times em crise acabam vendendo mais. 'Tem alguns times que no auge você vende bem, mas, na queda, vende ainda mais. Tivemos a experiência do São Paulo que não estava tão bem antes de ganhar o título da Copa Sul-Americana.

[[BANNER]]

Nesta época, a venda deste produto cresceu. Como não é o time da moda, o pai tende a direcionar ainda mais o filho, para não deixar torcer por outro time. Até ano retrasado, a molecadinha virava santista por causa do Neymar, o pai não vê o time ganhando título e tenta forçar', completou.

Essa 'fidelidade' das crianças com os clubes é algo destacado também por Alvaro Penteado, diretor de licenciamento da Proenter, agência de marketing esportivo que possui clientes que fabricam produtos dos times.

'Os pais sempre querem passar o time para o filho, por isso desejam idealizá-los desde pequeno', afirmou. De acordo com ambas as empresas, o líder de vendas neste quesito é o Corinthians devido ao grande número de lojas e torcedores que a equipe possui. Os produtos são encontrados nas lojas oficiais dos times e os preços variam entre R$ 35,90 e R$ 182,50.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Bruno César anotou o segundo gol na vitória por 2 a 0

    Ex-jogador do Corinthians marca golaço de falta e dedica à Chapecoense; veja o vídeo

    ver detalhes
  • Maycon conta com o aval de Oswaldo de Oliveira para retorno

    Retorno de Maycon minimiza necessidade por contratação de volante no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes