Emerson Sheik confecciona chuteiras contra preconceito homofóbico

Emerson Sheik confecciona chuteiras contra preconceito homofóbico

1.5 mil visualizações 43 comentários Comunicar erro

Emerson não tem jogado bem, mas tudo o que faz fora de campo dá o que falar. Depois de publicar nas redes sociais o selinho dado num amigo da noite, ao estilo Heber Camargo, e acompanhar a repercussão que isso deu no mundo do futebol e das celebridades, o atacante do Corinthians mandou confeccionar alguns dizeres em sua chuteira contra o preconceito e em favor da livre expressão. "Fora Preconceito" e "Gentileza" foram as duas palavras escolhidas pelo corintiano para se posicionar sobre o assunto.

Divulgação
O jogador não vive bom momento no Corinthians. Sua expulsão na partida contra o Luverdense (derrota por 1 a 0) provocou a ira de alguns dirigentes do Parque São Jorge, para quem o jogador terá de se explicar sobre seu comportamento dentro de campo. No Corinthians, ninguém se manifestou sobre o beijinho dado no amigo, assunto, segundo alguns cartolas do clube, que não faz parte das atividades de trabalho do jogador, por isso, assunto pessoal dele.

Emerson não vai enfrentar a Luverdense na partida de volta da Copa do Brasil, quarta-feira, quando o time precisa da vitória para não ser eliminado do torneio. Tampouco se sabe ainda se o técnico Tite pretende mandê-lo entre os 11 no jogo com o Vasco, domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Tudo vai depender dessa conversa sobre sua expulsão, e das opções que o treinador tem para a partida. Existe ainda uma preocupação no Corinthians sobre o tipo de provocação em campo que Emerson poderá sofrer por causa do selinho dado no amigo. As provocações podem ocasionar nova expulsão.

Fonte: Estadão Esportes

Veja Mais:

  • Timão pode erguer troféu da Liga Ouro já na sexta-feira, na casa do São José

    Corinthians vence batalha com quatro prorrogações e fica a uma vitória do título da Liga Ouro

    ver detalhes
  • Maioria dos titulares de Loss já completou sétimo jogo no BR; Cássio e Fagner, sequer seis

    Doze corinthianos já completaram sete jogos no Brasileirão; veja quem ainda pode se transferir

    ver detalhes
  • Caetano tem 18 anos e estava no Botafogo

    Corinthians acerta contratação de zagueiro indicado por Barroca, técnico do Sub-20

    ver detalhes
  • Léo Jabá tem contrato de cinco temporadas com o FC Akhmat Grozny

    Jabá encaminha transferência à Grécia, e Corinthians pode ganhar mais de R$ 4 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes