STJD denunciará Vasco e Corinthians após briga em Brasília

STJD denunciará Vasco e Corinthians após briga em Brasília

Zveiter promete punição

Zveiter promete punição

Rio de Janeiro, RJ, 27 (AFI) - O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Flávio Zveiter, afirmou nesta terça-feira que Corinthians e Vasco podem ser punidos por conta da briga entre as torcidas dos dois clubes na partida de domingo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).


'Eu tomei conhecimento que a procuradoria está apresentado uma denúncia até quinta. A procuradoria vai denunciar ambos os clubes. Hoje a legislação brasileira determina multa de R$ 100 a 100 mil e perda do mando de campo', explicou Zveiter, em entrevista ao SporTV.

Apesar de o Vasco ser o mandante da partida, também o Corinthians pode acabar responsabilizado. Para o time carioca, uma possível punição, porém, pode ser sem efeito. Se ficar proibido de jogar no Rio, o Vasco deve simplesmente voltar a Brasília, onde já mandou os jogos contra Flamengo (61.767 pagantes) e Corinthians (21.627). Em São Januário, seu recorde de público não chega a 15 mil pessoas.

No domingo, as arquibancadas do estádio Mané Garrincha foram palco de uma briga entre torcedores organizados das duas equipes no intervalo da partida. Como resultado, diversos feridos entre vascaínos, corintianos e policiais.

A principal justificativa encontrada para a confusão foi a venda de ingressos sem separação de torcidas no estádio, como admitiu o secretário-adjunto de Segurança Pública do Distrito Federal, Paulo Roberto Oliveira. Por isso, a polícia militar prometeu mudanças, que serão adotadas ainda neste Campeonato Brasileiro. Para começar, a venda de ingressos com separação entre as torcidas adversárias.

'Um jogo entre Vasco e Corinthians, onde já existia rixa entre as torcidas, deveria ter mais policiais fazendo essa separação. Acredito que esse episódio não venha mais a acontecer. Não existe atitude preventiva. Estamos sempre lidando com causa e efeito. As coisas só mudam depois que acontece', criticou Zveiter.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Fernando César (empresário), Roberto de Andrade, Pablo, Flávio Adauto e Alessandro em reunião

    Corinthians acerta permanência de Pablo; resta acordo com Bordeaux

    ver detalhes
  • Com derrota por 3 a 0 no placar agregado, Timão ficou com o vice do Brasileirão 2017

    Valente, Corinthians/Audax sofre nova derrota e é vice-campeão brasileiro de 2017

    ver detalhes
  • Walter não será liberado pelo Corinthians

    Corinthians bate o martelo e não libera Walter para o São Paulo; novo encontro no sábado

    ver detalhes
  • Meia sentiu a costela após dividida com Betão

    Jadson tem fratura constatada e desfalca Corinthians por um mês

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes