Criador de porcos no MT, presidente do Luverdense sonha com título.

Criador de porcos no MT, presidente do Luverdense sonha com título.

Criador de porcos no MT, presidente do Luverdense sonha
com título
Gazeta Press – 1 hora 18 minutos atrás
Dono de uma fazenda em Lucas do Rio Verde-MT, Helmute Lawish tem na criação de porcos uma de suas atividades. Rival
do Corinthians na Copa do Brasil, o presidente do Luverdense, alviverde como o Palmeiras, sonha não apenas com a
possibilidade de eliminar o Timão, mas também de conquistar o título.
"Nada é impossível. Assim como já deu certo para Criciúma, Paulista, Santo André e Juventude, por que não para o
Luverdense? A Copa do Brasil é uma competição democrática e dá chance aos clubes dos rincões do Brasil de jogar para igual
com os grandes", afirmou, citando alguns campeões do torneio nacional.
Como venceu o primeiro jogo por 1 a 0, o Luverdense se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil com um empate
diante do Corinthians na noite desta quarta-feira, no Pacaembu. Em seu discurso, Lawish se preocupa em não confundir
ambição com arrogância.
"Mesmo tendo vencido a primeira partida, temos duas palavras de ordem no Luverdense: humildade e valentia. Sabemos a
dimensão do Corinthians. Meu pai sempre dizia que não podemos nos assustar com o sucesso. Se vier por merecimento e
trabalho, não vamos nos assustar", disse o presidente, que também produz soja, milho e algodão no Mato Grosso.
A folha salarial do Luverdense é de aproximadamente R$ 250 mil mensais, valor inferior ao salário de alguns jogadores do
Corinthians. Questionado sobre o prêmio em caso de classificação, Lawish explicou que os valores foram estabelecidos no
começo do torneio, independente do adversário, mas preferiu não revelar as cifras.Os palmeirenses certamente não serão os
únicos na torcida pelo pequeno Luverdense, já que o Corinthians, atual campeão mundial, costuma ser ‘secado’ por
seguidores de diferentes clubes. O surgimento dos fãs de ocasião é visto com bons olhos pelos jogadores.
"Estamos recebendo muito apoio nas redes sociais, a maioria de amigos palmeirenses. Eles estão fazendo piada e nos
cobrando. O Luverdense é Brasil. É um jogo histórico para o clube e com certeza quem não é corintiano vai torcer por nós
amanhã", disse o lateral Raul Prata.
O técnico Júnior Rocha também se diz fortalecido com o apoio dos adversários do Corinthians. "Nada melhor do que receber
essa força extra", declarou, sem se preocupar com o Pacaembu lotado. "Tenho o privilégio de trabalhar com um grupo
experiente. O segredo é focar e não ficar sonhando com coisas fora da realidade", ensinou.

Fonte: site Esporte Interativo Gazeta Press

Veja Mais:

  • Marciel e Jô despertam interesse de times brasileiro e alemão; Juninho, Scarpa e Tréllez podem chegar

    Mercado agitado! Veja quem pode deixar e reforçar o Corinthians no resumão do Meu Timão

    ver detalhes
  • Pablo pode voltar a jogar pelo Corinthians em 2018

    Resultado de enquete: torcida se posiciona sobre 'retorno' de Pablo ao Corinthians

    ver detalhes
  • Renato Bittar, empresário de Balbuena, com o zagueiro na porta do CT

    Empresário de Balbuena fala em três ofertas da Europa, mas faz ponderação sobre o zagueiro

    ver detalhes
  • Marcelo Hermes deve ser emprestado pelo Benfica em 2018; Corinthians de olho

    Protegido por R$ 175 milhões, lateral do Benfica é oferecido ao Corinthians para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes