Em 2013, Corinthians tem a maior folha salarial de sua história

Em 2013, Corinthians tem a maior folha salarial de sua história

Colaborou: Alex Sabino

Há um motivo pouco conhecido do público para a irritação da diretoria do Corinthians com as fracas exibições do time no Brasileirão e na Copa do Brasil: o atual elenco tem a folha salarial mais cara dos quase 103 anos da história alvinegra.

Apenas nos seis primeiros meses de 2013, o Timão desembolsou R$ 54,5 milhões com pagamentos de salários e direitos de imagem. Ou seja, a atual folha corintiana ultrapassa R$ 9 milhões por mês. Os donos dos maiores salários são Pato, Guerrero e Emerson, todos com ordenados superiores a R$ 500 mil/mês.

O técnico Tite também tem responsabilidade no aumento dos custos com o futebol. Sua última renovação, em outubro passado, lhe valeu um aumento de R$ 150 mil.

O time de hoje consegue ser quase R$ 300 mil/mês mais caro do que o campeão mundial e da Libertadores do ano passado. Além dos reforços contratados recentemente, há uma série de atletas que tiveram reajustes, como Romarinho, Danilo e Ralf.

Em queda
Se gasta mais com salários, o Timão de 2013 arrecada menos com direitos de TV, bilheteria e Fiel Torcedor na comparação com o primeiro semestre de 2012. A diferença foi de quase R$ 15 milhões.

Fonte: Rede Bom Dia

Veja Mais:

  • Drogba quer conversa com técnico e presidente antes de decisão

    Avaliando proposta, Drogba quer contato direto com técnico e presidente do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians e Juventus se encontram neste domingo, às 19h45

    Corinthians encara 'clássico da Zona Leste' por vaga na final da Copinha

    ver detalhes
  • Final da Flórida Cup 2017, único revés em mata-mata para o Corinthians no Século 21

    Após seis triunfos, Timão perde primeiro mata-mata para o São Paulo no Século 21

    ver detalhes
  • Não agradou - Titular no Majestoso, Guilherme teve atuação discreta na decisão da Florida Cup

    Meia do Corinthians tem nota próxima do zero após empate

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes