Em 2013, Corinthians tem a maior folha salarial de sua história

Em 2013, Corinthians tem a maior folha salarial de sua história

Colaborou: Alex Sabino

Há um motivo pouco conhecido do público para a irritação da diretoria do Corinthians com as fracas exibições do time no Brasileirão e na Copa do Brasil: o atual elenco tem a folha salarial mais cara dos quase 103 anos da história alvinegra.

Apenas nos seis primeiros meses de 2013, o Timão desembolsou R$ 54,5 milhões com pagamentos de salários e direitos de imagem. Ou seja, a atual folha corintiana ultrapassa R$ 9 milhões por mês. Os donos dos maiores salários são Pato, Guerrero e Emerson, todos com ordenados superiores a R$ 500 mil/mês.

O técnico Tite também tem responsabilidade no aumento dos custos com o futebol. Sua última renovação, em outubro passado, lhe valeu um aumento de R$ 150 mil.

O time de hoje consegue ser quase R$ 300 mil/mês mais caro do que o campeão mundial e da Libertadores do ano passado. Além dos reforços contratados recentemente, há uma série de atletas que tiveram reajustes, como Romarinho, Danilo e Ralf.

Em queda
Se gasta mais com salários, o Timão de 2013 arrecada menos com direitos de TV, bilheteria e Fiel Torcedor na comparação com o primeiro semestre de 2012. A diferença foi de quase R$ 15 milhões.

Fonte: Rede Bom Dia

Veja Mais:

  • Corinthians/Audax atropelou Cerro Porteño em solo paraguaio

    Mulherada do Corinthians/Audax goleia donas da casa e se classifica para final da Libertadores

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians que se prepare: reta final do Brasileirão promete altas emoções

    Fim da rodada: Corinthians mantém vantagem, mas rivais alcançam Grêmio e embolam classificação

    ver detalhes
  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Maltos brilhou diante do Grêmio, na Arena do adversário

    Goleiro defende quatro pênaltis, Corinthians bate Grêmio e avança na Copa do Brasil Sub-17

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes