Longa pausa da Copa do Brasil pode beneficiar a preparação do Corinthians

Longa pausa da Copa do Brasil pode beneficiar a preparação do Corinthians

Por Meu Timão

12 mil visualizações 75 comentários Comunicar erro

Tite poderá contar com Renato Augusto e talvez até com Guilherme

Tite poderá contar com Renato Augusto e talvez até com Guilherme

O Corinthians passou na Copa do Brasil mas ninguém nega que o futebol está muito abaixo de 2012. Mas um buraco no calendário da competição pode favorecer o Timão.

O próximo confronto na Copa do Brasil é daqui 2 meses, no final de outubro (23 e 30) e essa pausa pode ser muito boa pra nós. O Corinthians ainda não superou a saída de Paulinho, Guilherme estava jogando bem mas foi lesionado e deve ficar um bom tempo afastado. Talvez de tempo dele voltar já nas quartas de final, mas os médicos trabalham com uma previsão de volta só entre novembro e dezembro (fases finais da competição).

Enquanto isso, Ibson não vem jogando bem e no final do jogo contra o Luverdense, Tite chegou a experimentar Edenilson de volante e Alessandro na lateral. A pausa pode dar tempo pro treinador acertar a equipe.

Renato Augusto também machucado volta em 5 semanas e poderá ser usado já contra o Grêmio na próxima partida da Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Loss tem missão de levar Corinthians a algum título no segundo semestre de 2018. Será possível?

    Acabou a Copa, e agora? Saiba tudo sobre a volta do Corinthians aos gramados

    ver detalhes
  • Marciel não vai permanecer no Corinthians após dispensa da Ponte Preta

    Devolvido pela Ponte Preta, Marciel não fica no Corinthians e deve ser emprestado ao Oeste

    ver detalhes
  • Atleta com mais tempo de clube, Danilo não sabe se fica para 2019

    Corinthians tem quatro jogadores com contrato perto do fim; só um já definiu futuro

    ver detalhes
  • O centroavante Jonathas está entre os recém-chegados no elenco do Corinthians

    Saiba até quando o Corinthians pode inscrever reforços nas competições de 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes