Empresários apoiam emenda da MP que altera Lei Pelé

Empresários apoiam emenda da MP que altera Lei Pelé

Empresários apoiam emenda da MP que altera Lei Pelé

Empresários apoiam emenda da MP que altera Lei Pelé

O empresariado brasileiro mostrou que está do lado da transparência e quer melhorias na gestão esportiva do País. No 3º Fórum Nacional do Esporte, realizado nesta sexta-feira, na capital paulista, os empresários apoiaram a aprovação da emenda que altera a Lei Pelé na Medida Provisória 615/2013, que poderá ser votada na próxima terça-feira (3), no Senado, em Brasília (DF).


O evento contou com a presença de personalidades e autoridades do mundo esportivo, como Ana Moser, Raí e Paulo, os três da Atletas pelo Brasil; o ministro do Esporte, Aldo Rebelo; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin; João Doria Jr, presidente do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), e Paulo Nigro, presidente da Tetra Park e do LIDE.

Abrindo o Fórum, João Dória leu o manifesto escrito pelo LIDE e pela Atletas do Brasil, que pede a aprovação da emenda que melhora a gestão esportiva do País. 'Nós, empresários, vamos fiscalizar, voto a voto, esta questão no Congresso. É fundamental que os grandes eventos deixem um legado para a prática esportiva e é o que estamos tentando fazer aqui. O esporte é ferramenta importante para o desenvolvimento de um País e desejamos que o Brasil tenha um planejamento a longo prazo', declarou Dória.

A presidente da Atletas pelo Brasil ficou muito otimista com o encontro desta sexta-feira. 'O debate realizado nesta manhã foi ótimo e serviu para clarear vários pontos da emenda para toda a plateia, que era formada em sua grande maioria por empresários, inclusive para o ministro do Esporte. O encontro demonstrou o apoio empresarial ao texto que estamos tentando aprovar e ao manifesto feito por nós e entregue ao ministro', explicou.

Após os debates, Paulo Nigro entregou ao ministro Aldo Rebelo documento com o manifesto do evento e a emenda da MP. 'Esse evento deixa dois legados. Um deles é um documento que tem dez pontos de sugestões de melhoria para o esporte e conta com o apoio de várias empresas. O segundo é o manifesto que expressa a vontade e o apoio à Medida Provisória', afirmou.

O Brasil vive momento único para o esporte nacional
A Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 trazem oportunidades inéditas de investimentos em infraestrutura esportiva e urbana, de telecomunicação e informação, de emprego e renda, de imagem e posicionamento. É a chance do Brasil iniciar uma nova página do esporte brasileiro, ampliando o acesso ao esporte para criança e adolescentes, de todas as classes sociais.

Há três anos o LIDE e o LIDE Esporte, vem trabalhando para engajar o empresariado nas causas esportivas, por meio das leis de Incentivo ao Esporte. E, em conjunto com Atletas pelo Brasil - que reúne mais de 60 atletas campeões olímpicos e mundiais - trabalha com o objetivo de ampliar o acesso ao esporte, revisar a legislação atual e atualizar a política nacional do esporte.

Hoje, brasileiros e brasileiras mostram engajamento nas questões públicas e nos rumos do país. O esporte é ferramenta importante para o desenvolvimento social, humano e econômico. E nós, como empresários, não podemos nos furtar desta responsabilidade.

Desejamos que o país tenha planejamento de longo prazo, com políticas públicas para o esporte, integrando os Ministérios da Educação, Saúde e Esporte. Foi assim o primeiro manifesto entregue aos ministros das respectivas pastas, no Fórum Nacional de Esporte de 2012.

Agora, juntos, pedimos por uma ação concreta que é a aprovação no Congresso Nacional, com apoio do governo, do texto de lei que melhora a gestão esportiva, trazendo renovação, eficiência e transparência. O projeto já está em medida provisória para ser votado.

Atletas e empresários sempre estiveram juntos com a sociedade brasileira, na aposta pelo esporte. E podem somar ainda mais. Só assim teremos a força do esporte ajudando a melhorar a saúde e a educação, trazendo melhores resultados no esporte de alto rendimento e inspirando mais empresários a investir no esporte brasileiro.

Estamos confiantes que contaremos com a sensibilidade e apoio do governo nos planos federal, estadual e municipal, para não perdemos a oportunidade histórica de termos os dois maiores eventos de esporte do planeta acontecendo em nosso país, sem deixar um legado de grande ativação para a prática esportiva, a inclusão social e a geração de oportunidades de emprego, renda e cidadania.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jô está de férias e só volta ao CT Joaquim Grava em janeiro

    Jô é liberado pelo Corinthians para férias e não aparece no CT nesta sexta

    ver detalhes
  • Corinthians fará sua terceira participação na Florida Cup

    Participante desde primeira edição, Corinthians tem benefício financeiro na Florida Cup

    ver detalhes
  • Farfán foi companheiro de Guerrero na seleção do Peru

    Jornalista revela interesse do Corinthians em atacante peruano

    ver detalhes
  • Camisa a ser usada pelo Corinthians contra o Cruzeiro tem escudo da Chapecoense

    Em ação no Twitter, Corinthians exibe uniforme em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes