Corinthians encara o Botafogo e pode ter Pato em campo

Corinthians encara o Botafogo e pode ter Pato em campo

De reserva a esperança de gols. O Corinthians que enfrenta o Botafogo, nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio do Maracanã, pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro, aguarda o retorno de Alexandre Pato, que defenderia a seleção brasileira em Boston, nos Estados Unidos, nesta terça, contra Portugal. O atacante deve desembarcar às 16h20, no Rio de Janeiro, e já é esperado na concentração corintiana. Ele vai descansar para que possa, ao menos, iniciar a partida no banco de reservas.


O clube informou ter sido Alexandre Pato, que não jogaria os 90 minutos contra Portugal, quem se colocou à disposição. O peruano Guerrero também é esperado para enfrentar o Botafogo, mas o seu caso é bem mais complicado porque ele jogaria em Puerto La Cruz, na Venezuela, e teria de enfrentar escalas em Caracas e em São Paulo antes de chegar ao Rio de Janeiro.

A hipótese de usar a dupla de ataque diante do vice-líder do Brasileirão, ainda que sem as condições ideais, é uma cartada para fazer o time voltar a vencer após o empate sem gols contra o lanterna Náutico, em pleno Pacaembu. O resultado foi tão desastroso que colocou o time a 10 pontos do líder Cruzeiro.

Contar com Alexandre Pato em campo não tem relação com a posição do time na tabela de classificação, fora até do G4, garantiu Tite. 'Nada. Isso não pesou nada', foi sua resposta quando questionado se tomaria a mesma decisão caso sua equipe estivesse na ponta do Campeonato Brasileiro.

O empate contra o Náutico, encarado como uma derrota dentro do clube, teve outras consequências. De uma reunião com o presidente Mário Gobbi, para traçar metas para o segundo turno, à mudança tática na equipe.

Gobbi reforçou ao treinador e à comissão técnica que o objetivo do clube é obter uma das vagas à Copa Libertadores, seja via G4 do Brasileirão ou com o título da Copa da Brasil. 'Hoje o que está mais próximo é o G4', disse Tite, que nem quer saber se os matemáticos apontam que o Corinthians só tem 1% de chance de ser campeão brasileiro.

Para encarar o rápido e perigoso time do Botafogo, Tite barrou Ibson. Um motivo é técnico. Segundo o treinador, Edenílson vive melhor momento e vai jogar como segundo volante. É mais uma tentativa de achar um 'novo' Paulinho. Sacar Ibson foi uma decisão mais fácil porque Ralf está fora. Seria algo arriscado, portanto, formar uma dupla de volantes com Maldonado, que vai jogar, e Ibson. De Edenílson, Tite espera mais presença no ataque. Douglas e Emerson retornam ao time. E até que Alexandre Pato entre em campo, Emerson será o principal atacante da equipe.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Corinthians encerrou preparação contra a Ponte Preta

    Clima bom, susto de Pablo e escalação do Corinthians: o último treino antes da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Casuals foi derrotado nos pênaltis neste sábado; próxima temporada só em agosto

    Nos pênaltis, Corinthian-Casuals perde final e adia sonho de subir de divisão

    ver detalhes
  • Carille contará com 23 jogadores em Campinas neste domingo

    Corinthians relaciona 23 jogadores para final em Campinas

    ver detalhes
  • Pablo não deve ser problema contra a Ponte Preta

    Pablo dá susto em último treino do Corinthians antes de decisão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes