Com ligação para Tite, Pato pode reforçar novo status no Corinthians

Com ligação para Tite, Pato pode reforçar novo status no Corinthians

Alexandre Pato é vice artilheiro do Corinthians em 2013

Alexandre Pato é vice artilheiro do Corinthians em 2013

Vaiado e criticado pela torcida há duas semanas, Alexandre Pato hoje é aguardado com ansiedade pela comissão técnica e pode ser decisivo no jogo contra o Botafogo. Voluntarioso, o atacante procurou Tite, se colocou à disposição do treinador e pode consolidar seu novo status dentro do Corinthians.

Na última terça à noite, o camisa 7 alvinegro estava em Boston, nos Estados Unidos, atuando pela seleção brasileira. Nesta quarta, ele é aguardado por volta das 16h no Rio de Janeiro e deve se juntar imediatamente à delegação do Corinthians, que já estará na cidade.

A "maratona" contou com a iniciativa dos dois lados. Em uma reunião com diretores do clube na última segunda, incluindo o presidente Mário Gobbi, o assunto veio à tona e os cartolas se comprometeram a tentar viabilizar as presenças de Pato e Guerrero em campo, como contou o próprio Tite em entrevista coletiva, na última terça.

Ciente do interesse da comissão técnica, Pato fez a parte que lhe cabia. Dos Estados Unidos, entrou em contato com o treinador. "Ele ligou para o Tite e explicou que estaria à disposição. Se vai jogar, aí depende de como ele vai ser avaliado na hora", disse Gilmar Veloz, empresário do atacante e do treinador.

A utilização do jogador depende de vários fatores, que vão desde o seu cansaço com a partida pela seleção até o desgaste por conta da viagem de avião, passando pela situação do jogo. Além de Pato, Guerrero também é aguardado, mas o Corinthians sabe que a situação do peruano é mais difícil, já que a seleção do camisa 9 alvinegro jogará uma partida decisiva das Eliminatórias na Venezuela, e a volta ao Brasil seria mais demorada.

A necessidade da presença de Pato é circunstancial, já que o time se ressente da presença de um centroavante quando ele e Guerrero estão em suas seleções. Além disso, porém, há uma mudança no status do ex-jogador do Milan, que até a partida de volta contra o Luverdense, pela Copa do Brasil, era visto com ressalvas pela torcida.

Em dois jogos, Pato se encaixou com Douglas, fez três gols, jogou bem e convenceu até Luiz Felipe Scolari a recolocá-lo na seleção brasileira. Em pouco tempo, também fez Tite inserir essa sequência entre os bons momentos do Corinthians em uma temporada que vem sendo marcada por instabilidade. Em sua entrevista coletiva, o técnico citou a partida contra o Flamengo e a boa fase do primeiro semestre, quando bateu o Tijuana com Renato Augusto e Alexandre Pato no time.

"Não posso buscar todos os jogos, senão teria que ficar dando nota de cada partida. Só pinço alguns exemplos", disse Tite, que segue com cautela ao falar de Pato, mesmo quando é questionado sobre a mudança de status do jogador.

"Uma semana atrás, eu disse que ia seguir essa mesma equipe [com Douglas e Pato no time]. Convocou a seleção, vai o Guerrero e foi o Pato também. Isso acaba te gerando um transtorno. A continuidade é importante. Não tem mágica, por mais emoção que a gente tenha", completou.

Fonte: Uol

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes