FI no Pleno: Dirigentes de Corinthians e Vasco comemoram jogos com portões abertos

FI no Pleno: Dirigentes de Corinthians e Vasco comemoram jogos com portões abertos

FI no Pleno: Dirigentes de Corinthians e Vasco comemoram jogos com portões abertos

FI no Pleno: Dirigentes de Corinthians e Vasco comemoram jogos com portões abertos

Rio de Janeiro, RJ, 19 (AFI) ?' Vinte e cinco de agosto de 2013. O que era para ser mais uma partida de futebol, acabou virando um 'campo de batalha', protagonizados por torcedores de Corinthians e Vasco, no Estádio do Mané Garrincha, que será um dos campos da Copa do Mundo de 2014. Durante um tumulto, a cena de um pai protegendo o seu filho, acabou marcando a todos pelo Brasil. Devido aos acontecimentos, o caso foi julgado e os clubes punidos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta quinta-feira.


Os clubes já haviam sido punidos em primeira instância com a perda de quadro mandos de campo, sendo que teriam que realizar dois com portões fechados e dois com a presença apenas da torcida visitante. Descontentes, Corinthians e Vasco recorreram e conquistaram os objetivos traçados. Ambos terão que disputar quatro partida longe de seus respectivos estádios, porém, poderão contar com a presença de seus torcedores.

'Para o Vasco, a decisão foi acertada. O clube vive um momento complicado e jogar sem a nossa torcida só iria piorar a situação. Precisamos do apoio de nossos torcedores para sairmos dessa. O momento tem salvação. Precisa de uma recuperação técnico, mas isso vai acontecer, até porque temos um bom time e um bom treinador', afirmou o diretor executivo de futebol do Cruzmaltino Ricarco Gomes.

'Se temos o código que fala em perda de mando de campo, não poderia aplicar de forma alguma a pena de portões fechadas. O prejuízo seria muito grande. O Corinthians é o primeiro colocado em renda, é o time que tem mais público. O Vasco é o sexto. O futebol depende de receita, se não tivéssemos seria o fim do mundo', completou o advogado do Timão, João Zanforlin.

Com a punição, os jogos de Vasco e Corinthians terão de ser realizados numa distância de 100 quilômetros dos seus respectivos estádios (Pacaembu, em São Paulo; e São Januário, no Rio de Janeiro). Os valores das multas continuam os mesmos: R$ 50 mil para os cariocas e R$ 80 mil aos paulistas.

O Portal FI acompanha de perto os julgamentos desta quinta-feira, no STJD, com o enviado inta-feira, no STJD, com o enviado especial Wellington Campos. Ainda nesta tarde serão julgados os casos de Duque de Caxias e Betim no Campeonato Brasileiro da Série C.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Alan Santos tem conversas avançadas com Corinthians

    Corinthians negocia contratação de volante do Coritiba, diz portal

    ver detalhes
  • Giovanni Augusto treinou como lateral nesta terça-feira

    Giovanni na lateral, mudança na zaga e susto de Rildo: o treino desta terça do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians encara o Cruzeiro neste domingo, no Mineirão

    Resultado no Mineirão vale mais que os três pontos para Corinthians e Cruzeiro; entenda

    ver detalhes
  • Walter prestará homenagem a Danilo em suas luvas

    Walter usará luva personalizada em tributo a ex-goleiro da Chapecoense Danilo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes