Presidente da Federação Gaúcha desce a lenha em 'jogadores rebeldes'

Presidente da Federação Gaúcha desce a lenha em 'jogadores rebeldes'

Pato reclama de somente 4 dias de pré-temporada

Pato reclama de somente 4 dias de pré-temporada

Foto: Tom Dib/LANCE!Press

Porto Alegre, RS, 24 (AFI) - O presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, detonou os atletas que nesta terça-feira divulgaram um manifesto contra o calendário do futebol brasileiro em 2014. Para o dirigente, os jogadores estão reclamando de barriga cheia já que em julho ficarão 45 dias de folga.


'Eles estão falando de barriga cheia. Têm altos salários. Tem que ver a realidade de um ano de Copa do Mundo. Por que eles querem ser diferentes de qualquer outro funcionário? Será que eles vão abrir mão dos salários deles em julho, quando vão ficar 45 dias sem jogar? Estão querendo algo fora da realidade', comentou Francisco Novelletto, ao repórter André Baibich, do Jornal Zero Hora.

Para Novelletto, os atletas precisam entender que é um ano diferente por conta da Copa do Mundo. 'Não tem como enxugar o calendário porque ele já foi enxugado. Mudaram tudo e por uma boa causa. É uma necessidade em um ano de Copa do Mundo', finalizou o gestor.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jogadores do Corinthians comemoraram (e muito!) gol de Jadson na Arena do Grêmio

    Paulo Roberto dá show, Cássio pega pênalti, Corinthians vence Grêmio e dispara rumo ao hepta

    ver detalhes
  • Cássio foi eleito o melhor jogador do Corinthians na Arena do Grêmio

    Fiel destaca três corinthianos na vitória contra o Grêmio; Cássio recebe nota incrível

    ver detalhes
  • Mas foi Jadson quem mudou o placar na Arena Grêmio neste domingo

    Jogos de domingo chegam ao fim, e Corinthians abre vantagem impressionante na liderança

    ver detalhes
  • Gremistas empolgados demais antes de jogo contra Corinthians

    'Menos de 3 a 0 nem comemoro': dez gremistas empolgados demais antes de enfrentar o Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes