Juiz relata garrafada e Corinthians pode perder mandos

Juiz relata garrafada e Corinthians pode perder mandos

Juiz relata garrafada e Corinthians pode perder mandos

Juiz relata garrafada e Corinthians pode perder mandos

O Corinthians pode voltar a perder mandos de campo no Campeonato Brasileiro por causa do mau comportamento de alguns dos seus torcedores. O árbitro Raphael Claus relatou na súmula da derrota do time por 4 a 0 para a Portuguesa, no último domingo, no Estádio Morenão, em Campo Grande (MS), que o assistente Bruno Salgado Rizo foi atingido por uma garrafa arremessada do setor onde estava localizada a torcida corintiana.


'Aos 8 minutos do 2º tempo, foi atirado uma garrafa plástica de água contendo líquido em seu interior, atingindo a cabeça do Árbitro Assistente nº 2, Sr. Bruno Salgado Rizo. A mesma foi atirada do local onde se encontrava a torcida do S.C.Corinthians Paulista. Informo que o Assistente não necessitou de atendimento médico', escreveu o árbitro na súmula publicada no site da CBF.

O incidente aconteceu após o assistente anular um gol do Corinthians no início do segundo tempo da derrota para a Portuguesa por impedimento. Por conta do comportamento do torcedor, o Corinthians deve ser denunciado no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Esportiva, sobre arremesso de objetos no gramado, que prevê a perda de um a dez mandos de campo, além da aplicação de multa de até R$ 100 mil. A Portuguesa, mandante da partida, também pode receber uma punição.

O procurador-geral do STJD, Paulo Schmidt, explica que não é possível realizar uma prévia do julgamento. 'As imagens vão ser solicitadas durante a semana e ambos os clubes podem pagar uma multa de R$ 100 a R$ 100 mil, além da perda de mando de campo', explicou. Apesar de ambos os clubes serem autuados, ele disse que 'a Portuguesa pode ser absolvida', mesmo enfatizando ser muito cedo para maiores prognósticos.

Neste Campeonato Brasileiro, o Corinthians já foi punido pelo comportamento de torcedores que se envolveram em briga com vascaínos no Mané Garrincha. Por causa disso, o time perdeu quatro mandos de campo. Dois desses quatro jogos da punição, contra Bahia e Atlético-PR, serão disputados em Mogi Mirim, no interior de São Paulo. As outras duas partidas, diante de Criciúma e Santos, seguem com local indefinido.

O Corinthians também foi punido recentemente com a perda de dois mandos de campo na Copa do Brasil. A pena foi aplicada pelo uso de sinalizadores na arquibancada por um grupo de torcedores corintianos na partida em Lucas do Rio Verde (MT), contra o Luverdense, pelas oitavas de final. Assim, se passar pelo Grêmio nas quartas de final, terá que disputar a semifinal e uma eventual final longe do Pacaembu. O clube, porém, irá recorrer da decisão.

Neste ano, o Corinthians também foi punido por causa do comportamento do seu torcedor na Libertadores. O time disputou jogo conta o Millonarios com os portões do Pacaembu fechados após a morte de Kevin Espada, atingido por um sinalizador lançado do setor da torcida do time durante partida realizada na Bolívia contra o San José.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Kazim deve ter primeira chance como titular no Corinthians

    Carille põe Kazim titular e faz mais duas mudanças; veja provável escalação contra São Paulo

    ver detalhes
  • Cristian interessa à Chapecoense, mas salário é entrave

    Técnico da Chapecoense revela desejo de contar com Cristian

    ver detalhes
  • Arena Corinthians foi palco de semifinal da Copinha em 2016

    FPF nega semifinal na Arena, libera Paulista em Jundiaí e volta a irritar diretoria do Corinthians

    ver detalhes
  • Kazim marcou um dos gols da vitória do Timão na Florida Cup

    Corinthians conhece adversário de final da Florida Cup 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes