Pior time do returno, Corinthians vê defesa ruir em maior revés de Tite

Pior time do returno, Corinthians vê defesa ruir em maior revés de Tite

Pior time do returno, Corinthians vê defesa ruir em maior revés de Tite

Pior time do returno, Corinthians vê defesa ruir em maior revés de Tite

Tite sofreu no domingo, contra a Portuguesa, a sua maior derrota nas duas passagens pelo comando do Corinthians. O revés de 4 a 0 para a Portuguesa, sofrido neste domingo, fez desmoronar a defesa da equipe e consolidou o clube como o pior do segundo turno do Brasileirão. Nos cinco jogos que fez desde o fim da primeira metade do campeonato, o Corinthians somou apenas um ponto.

O índice de aproveitamento de pontos só é tão ruim quanto o do Vasco, mas coloca o Corinthians abaixo do rival carioca por conta do saldo de gols. A equipe de Tite sofreu um gol a mais e fez um a menos.

A primeira passagem de Tite no Corinthians ocorreu em 2004 e 2005, e a segunda iniciou no 2º semestre de 2010. Defensor do futebol em que todos devem saber defender, ele jamais havia sido derrotado por quatro gols de diferença em seus 257 partidas à frente do time alvinegro.

O máximo que havia perdido no Corinthians foram derrotas por 3 a 0 do Inter, em 2004, e Santos, em 2005.

Enquete: o Tite deve ser mantido no Corinthians?

Nesta temporada, a defesa segue como o único grande pilar do Corinthians. O time até então não havia sofrido mais de dois gols na temporada.

Diante da Lusa, Tite não apenas viu seu sistema defensivo ser completamente envolvido em Campo Grande como perdeu sua dupla de zaga para o compromisso contra o Bahia.

'O Tite é nosso treinador, nosso líder, cara que deu nossos últimos títulos importantes e por quem nós temos muito respeito. Por isso, o pedido de vir aqui e conversar com vocês', declarou Emerson, após a goleada, anunciado decisão do grupo, que vetou a presença de Tite com a imprensa após a partida.

Para o duelo de quarta-feira, pelo Brasileirão, Tite não terá Gil e Paulo André, suspensos. Felipe e Cléber são os zagueiros à disposição. Cléber, por sinal, ainda não estreou com a camisa corintiana.

Curiosamente, Tite atingiu recorde na partida contra a Portuguesa: ele se tornou o segundo técnico que mais dirigiu o clube nestes 103 anos de fundação.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians/Americana pode não voltar a quadra no segundo semestre

    Campeão nacional, Corinthians/Americana chega ao fim, diz jornal

    ver detalhes
  • Cicinho, hoje no futebol búlgaro, deve pintar como reforço do Corinthians

    Final da Copa da Bulgária separa Corinthians de segunda contratação para o Brasileirão-2017

    ver detalhes
  • Pequeno torcedor conheceu também o xeque Al-Khelaifi, dono do clube francês

    Em Paris, torcedor-mirim surpreende xeique do PSG e pede contratação de atacante do Corinthians

    ver detalhes
  • Mesmo com nova lesão, diretoria do Corinthians pausa busca por novo zagueiro

    [Marco Bello] Mesmo com nova lesão, diretoria do Corinthians pausa busca por novo zagueiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes