O Corinthians negocia uma renovação de contrato com Anderson Silva antes da revanche

O Corinthians negocia uma renovação de contrato com Anderson Silva antes da revanche

SÃO PAULO - O UFC promove em sete cidades (Rio, São Paulo, Bristol, Las Vegas, Los Angeles, Miami e Nova York) o evento que colocará frente a frente Anderson Silva e o campeão dos médios Chris Weidman. A luta é uma das mais esperadas da modalidade. Os dois lutadores atenderam nesta segunda-feira os jornalistas em São Paulo e trataram de promover ainda mais o embate, marcado para o dia 28 de dezembro, em Las Vegas, nos EUA.

Anderson Silva confirmou que estava com a costela machucada quando defendeu o cinturão diante de Weidman. Segundo o lutador brasileiro, apelidado de Spider (Aranha), o problema foi semelhante com o que enfrentou na primeira luta contra Chael Sonnen no UFC 117, em que foi dominado durante todo o combate, e nos últimos segundos conseguiu encaixar um triângulo e finalizou Sonnen, mantendo o cinturão dos médios. Contra Weidman, o desfecho foi um inédito nocaute após um gancho bem aplicado pelo americano, que levou Anderson Silva à lona.

Para a revanche do dia 28 de dezembro, Chris Weidman afirmou que sua preparação não está ocorrendo de modo ideal, mas que está bastante empolgado para a nova luta. "Antes, eu tive todo o tempo do mundo para fazer a preparação e agora ainda não tive tempo". Por causa do calendário, o campeão dos médios do MMA tem de comparecer a muitos eventos e compromissos comerciais, e isso o atrapalha. Durante a coletiva no Hotel Hilton, o americano mostrou respeito ao seu próximo desafiante ao cinturão: "Anderson é um cara legal e cordial. Nos respeitamos um ao outro".

O brasileiro, por sua vez, afirmou que está inspirado, e que se sente mais maduro após sua primeira derrota na categoria. "Eu vou treinar muito, muito e muito! Vou treinar como jamais treinei no UFC. Vou treinar como se fosse a primeira luta da minha vida. Devo isso a mim mesmo. Faltava uma derrota para eu estar completo no UFC. Sinto-me muito mais completo e maduro agora. Eu não posso lutar de um jeito diferente do que sou". Anderson Silva ainda mostrou que não se importa com a pressão pela perda do cinturão. "É só um símbolo do UFC. Nunca lutei por dinheiro, por fama ou por glória. O que me faz ser campeão é fazer o que faço com amor! Eu só me sentia pressionado quando minha tia me cobrava para eu chegar com notas melhores da escola em casa."

O Corinthians negocia uma renovação de contrato com Anderson Silva, que é corintiano declarado e já representou o clube durante agosto de 2011 e 31 de maio deste ano. Os novos valores não foram revelados.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes
  • Moisés, de 21 anos, foi um dos destaques do Bahia em 2016

    Destaque do Bahia, lateral faz parte dos planos do Corinthians para 2017

    ver detalhes
  • Internacional foi alvo de gafe da Fifa

    Fifa comete gafe, troca escudo do Internacional e põe foto do Corinthians no lugar

    ver detalhes
  • Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    [Teleco] Alan Mineiro não fica no Corinthians em 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes