Conselheiros cobram demissão de Tite e reformulação no Corinthians

Conselheiros cobram demissão de Tite e reformulação no Corinthians

Tite está sob pressão no Corinthians

Tite está sob pressão no Corinthians

Foto: Tom Dib/LANCE!Press

O mau momento vivido pelo Corinthians na atual temporada começou a gerar repercussão na política interna do clube. Conselheiros de oposição cobram uma reformulação no elenco alvinegro e a demissão do técnico Tite, que não vence há oito jogos (três empates e cinco derrotas).

'Francamente, já passou o momento. Há oito rodadas, o Corinthians já podia ter feito isso. O time está desgastado. O trabalho tem um prazo de validade, e já passou o momento de mudar. Até acho que a diretoria deveria ter feito uma homenagem ao Tite por tudo que ele conquistou, mas está na hora de uma renovação', avaliou o conselheiro vitalício Romeu Tuma Júnior.

A atual sequência negativa é a pior do Corinthians na gestão de Tite. O time não vence um jogo sequer desde o dia 1º de setembro, quando fez 4 a 0 sobre o Flamengo, e perdeu para a Portuguesa por 4 a 0 no último domingo.

'O Corinthians é muito profissional, mas deveria ser nessa área também. Esse grupo teve uma fase muito boa para o clube permitir que ele acabe como um grupo qualquer. Não é porque perdeu por 4 a 0, mas penso que o discurso acabou e a motivação também. É preciso fazer uma reformulação', disse o conselheiro Fran Papaiordanou.

Tite assumiu o Corinthians em 2010, na reta final do Campeonato Brasileiro. Ele ganhou a competição nacional do ano seguinte, e ainda empilhou taças da Copa Libertadores, do Mundial, do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana.

Sob o comando dele, o Corinthians não havia levado quatro gols em um mesmo jogo até o revés para a Portuguesa. Os conselheiros dizem que isso apenas prova o quanto o treinador está desgastado.

'Depois de conquistar muita coisa, o Corinthians vai ter de fazer uma reformulação natural em 2014. Mas não com o Tite, e sim com outro treinador', opinou Papaiordanou.

O conselheiro Osmar Stabile também cobrou mudanças no elenco: 'O problema está nos jogadores. O Ibson não acerta um passe de três ou quatro metros, não deu certo em outras equipes e também não funciona no Corinthians. É muito fraco'.

Contratado neste ano, Ibson atua na mesma posição de Paulinho, que era um dos maiores destaques do Corinthians e foi negociado com o Tottenham. No domingo, o novato foi substituído por Danilo ainda no primeiro tempo do revés para a Portuguesa. Ele deixou o campo sob vaias.

'Eu acho que é momento de se mudar tudo. Não tem de sair apenas o Tite, mas também os dirigentes do futebol. O Tite não pode ser responsabilizado sozinho, mas não vai conseguir reagir mais. A culpa não é dele, mas da diretoria, que não está conseguindo criar novos desafios', disse Tuma Júnior.

Tite tem contrato com o Corinthians até o fim deste ano. 'Acho que a própria diretoria tem intenção de arrumar outro treinador para o ano que vem. Pelo que eu fiquei sabendo, vai ser o Mano Menezes. Particularmente, eu não gosto dele', finalizou Stabile.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes