Gil fica fora da equipe após 41 jogos consecutivos

Gil fica fora da equipe após 41 jogos consecutivos

Foram 41 jogos consecutivos dentro de campo. Ou 3.665 minutos ininterruptos. Ou ainda, se preferir, mais de 61 horas sem deixar de vestir a camisa do Corinthians. Após esse longo período, Gil será um dos jogadores da equipe de Tite. Nesta quarta-feira, o zagueiro terá de cumprir suspensão automática e será desfalque contra o Bahia na cidade de Mogi Mirim.

Expulso contra a Portuguesa, Gil terá de ficar em casa pela primeira vez desde o dia 27 de março. Na ocasião, o Timão recebeu o Penapolense no Pacaembu, com a dupla de zaga formada por Chicão e Paulo André. De lá para cá, seja no Paulista, na Copa do Brasil, na Libertadores ou no Brasileirão, Gil nunca saiu de campo. Com exceção do último jogo, quando foi expulso aos 20 minutos do 2º tempo, Gil atuou os 90 minutos de todas as 40 partidas nesse período que permaneceu dentro das quatro linhas.

Contra o Bahia, na noite desta quarta-feira, o titular será substituído por Cléber. O ex-pontepretano fará sua estreia com a camisa do Timão. Desde que chegou ao clube, ele ainda não teve oportunidade de mostrar seu futebol. Ao seu lado, Felipe ocupará a vaga deixada por Paulo André, que levou o terceiro cartão amarelo e também terá de cumprir suspensão.

- Disciplina em qualquer momento, mesmo perdendo. Tem de ter a grandeza nas vitórias, tem de ter a grandeza no momento da derrota - afirmou o técnico Tite, comentando sobre a expulsão de Gil, que acertou uma cotovelada no jogador da Lusa.

Fonte: O Povo

Veja Mais:

  • Marcelo Hermes deve ser emprestado pelo Benfica em 2018; Corinthians de olho

    Protegido por R$ 175 milhões, lateral do Benfica é oferecido ao Corinthians para 2018

    ver detalhes
  • Guilherme Siqueira foi contratado pelo Atlético de Madrid em 2014

    Ex-Atlético de Madrid, lateral ítalo-brasileiro é sondado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • O diário da invasão -  Cinco anos de um feito histórico

    [Rafael Castilho] O diário da invasão - Cinco anos de um feito histórico

    ver detalhes
  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes