Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF

Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF

Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF

Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF


Após reunião realizada na última segunda-feira, no Rio de Janeiro, a CBF pediu um prazo de duas semanas ao Bom Senso F.C., grupo formado por jogadores de futebol para pleitear mudanças na gestão da modalidade. Agora, a ideia dos atletas é usar o tempo para formular três ou quatro propostas de calendário e apresentar à entidade.

O calendário proposto pela CBF para a temporada 2014 foi o estopim da criação do Bom Senso F.C. A entidade programou para 11 de janeiro o início dos Estaduais do próximo ano. Para isso, os jogadores teriam de fracionar férias e abrir mão da pré-temporada.

Insatisfeitos com o modelo, os jogadores se reuniram e apresentaram inicialmente um manifesto. O documento foi assinado por 75 atletas das duas primeiras divisões do futebol brasileiro - hoje já são 80 - e pediu uma reunião com a CBF.

A primeira reunião presencial do coletivo de jogadores foi realizada no dia 30 de setembro, em São Paulo. No encontro, os atletas definiram um plano de ação alicerçado em cinco tópicos: calendário, férias, pré-temporada, fair play financeiro e participação em conselhos técnicos de entidades que comandam o futebol.

O passo seguinte do Bom Senso F.C. foi enviar à CBF um ofício pedindo uma reunião sobre esses assuntos. Os atletas foram recebidos na última segunda-feira pela entidade, apresentaram uma série de dados e receberam como resposta o pedido de um novo encontro em duas semanas.

Agendar um segundo encontro era uma das prioridades dos atletas. Eles queriam apresentar as reclamações e o dossiê do grupo colaborativo Futebol do Futuro, que conta com uma série de dados técnicos para balizar as ideias do coletivo.

Agora, os jogadores ainda não definiram um cronograma e um plano de ação para os próximos 15 dias. O que está certo é que eles pretendem fechar propostas de calendário para mostrar à CBF.

O Futebol do Futuro tem um subgrupo exclusivamente focado em calendário. Portanto, já adiantou uma série de discussões sobre o tema. A ideia do Bom Senso F.C. é aproveitar isso para criar três ou quatro modelos para a próxima reunião.

O principal diferencial entre as propostas será a participação da Conmebol na reestruturação do calendário. Os jogadores consideram que o modelo ideal de temporada partiria da premissa de espalhar todas as competições durante o ano, mas isso demandaria um aval da confederação sul-americana para fazer a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana em períodos concomitantes.

A adequação das competições continentais está no cenário ideal proposto pelos jogadores. Eles pretendem apresentar à CBF modelos menos radicais e que dependam menos de instâncias superiores.

Depois de os jogadores terem divulgado a criação do movimento, federações estaduais e a TV Globo já falaram em mudanças no calendário do futebol brasileiro. Quase todas as propostas partem da ideia de reduzir os Estaduais, o que também não coincide com o que o Bom Senso F.C. almeja.

Em vez de reduzir o número de jogos, o que o grupo pleiteia é espalhar essas partidas durante o ano e diminuir a diferença entre os calendários de times grandes e pequenos. Segundo o dossiê elaborado pelo grupo Futebol do Futuro, apenas 15% das equipes do país têm compromissos em toda a temporada.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Centroavante Jô, 'Rei dos Clássicos', voltou a deixar o dele neste domingo

    Corinthians despacha São Paulo e vai à final do Paulistão contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Clayson, de 22 anos, interessa ao Corinthians

    Dirigentes do Corinthians confirmam interesse em atacante da Ponte Preta

    ver detalhes
  • Sem ser relacionado há seis partidas no Timão, Guilherme tem acerto encaminhado com o Atlético-PR

    Presidente confirma: Corinthians encaminha empréstimo do meia Guilherme

    ver detalhes
  • Jô foi eleito o melhor em campo no clássico deste domingo

    Jô, Pablo e Jadson brigam pela melhor avaliação nas notas da torcida

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes