Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF

Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF

270 visualizações 3 comentários Comunicar erro

Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF

Jogadores pretendem levar até quatro propostas de calendário para CBF


Após reunião realizada na última segunda-feira, no Rio de Janeiro, a CBF pediu um prazo de duas semanas ao Bom Senso F.C., grupo formado por jogadores de futebol para pleitear mudanças na gestão da modalidade. Agora, a ideia dos atletas é usar o tempo para formular três ou quatro propostas de calendário e apresentar à entidade.

O calendário proposto pela CBF para a temporada 2014 foi o estopim da criação do Bom Senso F.C. A entidade programou para 11 de janeiro o início dos Estaduais do próximo ano. Para isso, os jogadores teriam de fracionar férias e abrir mão da pré-temporada.

Insatisfeitos com o modelo, os jogadores se reuniram e apresentaram inicialmente um manifesto. O documento foi assinado por 75 atletas das duas primeiras divisões do futebol brasileiro - hoje já são 80 - e pediu uma reunião com a CBF.

A primeira reunião presencial do coletivo de jogadores foi realizada no dia 30 de setembro, em São Paulo. No encontro, os atletas definiram um plano de ação alicerçado em cinco tópicos: calendário, férias, pré-temporada, fair play financeiro e participação em conselhos técnicos de entidades que comandam o futebol.

O passo seguinte do Bom Senso F.C. foi enviar à CBF um ofício pedindo uma reunião sobre esses assuntos. Os atletas foram recebidos na última segunda-feira pela entidade, apresentaram uma série de dados e receberam como resposta o pedido de um novo encontro em duas semanas.

Agendar um segundo encontro era uma das prioridades dos atletas. Eles queriam apresentar as reclamações e o dossiê do grupo colaborativo Futebol do Futuro, que conta com uma série de dados técnicos para balizar as ideias do coletivo.

Agora, os jogadores ainda não definiram um cronograma e um plano de ação para os próximos 15 dias. O que está certo é que eles pretendem fechar propostas de calendário para mostrar à CBF.

O Futebol do Futuro tem um subgrupo exclusivamente focado em calendário. Portanto, já adiantou uma série de discussões sobre o tema. A ideia do Bom Senso F.C. é aproveitar isso para criar três ou quatro modelos para a próxima reunião.

O principal diferencial entre as propostas será a participação da Conmebol na reestruturação do calendário. Os jogadores consideram que o modelo ideal de temporada partiria da premissa de espalhar todas as competições durante o ano, mas isso demandaria um aval da confederação sul-americana para fazer a Copa Libertadores e a Copa Sul-Americana em períodos concomitantes.

A adequação das competições continentais está no cenário ideal proposto pelos jogadores. Eles pretendem apresentar à CBF modelos menos radicais e que dependam menos de instâncias superiores.

Depois de os jogadores terem divulgado a criação do movimento, federações estaduais e a TV Globo já falaram em mudanças no calendário do futebol brasileiro. Quase todas as propostas partem da ideia de reduzir os Estaduais, o que também não coincide com o que o Bom Senso F.C. almeja.

Em vez de reduzir o número de jogos, o que o grupo pleiteia é espalhar essas partidas durante o ano e diminuir a diferença entre os calendários de times grandes e pequenos. Segundo o dossiê elaborado pelo grupo Futebol do Futuro, apenas 15% das equipes do país têm compromissos em toda a temporada.

Foto: UOL

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Timão levou gol bizarro em Campinas e só empatou com Red Bull

    Defesa bate cabeça, e Corinthians tropeça diante do Red Bull em noite de gols contra

    ver detalhes
  • Renê Júnior (à dir.) fez sua estreia como titular e deixou boa impressão

    'Salva' de tropeço, dupla corinthiana empata na escolha do craque da partida

    ver detalhes
  • Atuação de Romão em derrota para Ponte Preta preocupou comissão técnica

    Após contratar Juninho, Corinthians busca novo lateral-esquerdo no mercado; Carille explica

    ver detalhes
  • Autora da obra, Katia Bagnarelli é viúva do eterno Doutor

    História de Sócrates é celebrada em lançamento de autobiografia nesta segunda-feira

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes