Gobbi pede punição ao São Paulo por briga de torcida

Gobbi pede punição ao São Paulo por briga de torcida

Gobbi pede punição ao São Paulo por briga de torcida

Gobbi pede punição ao São Paulo por briga de torcida

O presidente do Corinthians, Mário Gobbi, pediu que o São Paulo seja punido por conta da confusão entre torcedores da equipe e policiais ocorrida no clássico deste domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O dirigente disparou contra o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e alegou uma suposta 'perseguição' ao time do Parque São Jorge.


'Quero saber se vão abrir um processo pela briga que teve aqui. Ninguém fala nada dos outros, ninguém faz nada! É a casa da mãe Joana', criticou. Mário Gobbi fez ainda uma cobrança pessoal para o procurador do STJD, Paulo Schmitt: 'Ele está fazendo a fama dele em cima do Corinthians. Vou contratá-lo para começar a trabalhar para a gente', comentou.

O Corinthians foi denunciado e acabou punido por conta de uma briga entre torcidas no confronto diante do Vasco, em Brasília, em agosto. Ambos os clubes foram julgados e acabaram punidos com a perda de quatro mandos, o que tem obrigado o time paulista a atuar fora de São Paulo.

Neste domingo, durante o intervalo do clássico, que terminou em 0 a 0, torcedores do São Paulo tentaram lançar bombas em direção à área reservada aos corintianos e, ao serem impedidos, acabaram entrando em conflito com a polícia. Um torcedor foi preso e dois policiais ficaram feridos.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes