Fábio Santos, Paulo André e Alessandro impedem demissão de Tite

Fábio Santos, Paulo André e Alessandro impedem demissão de Tite

A diretoria corintiana iniciou a reunião com Tte, às 16h30, decidida a mandá-lo embora. A falta de resultados e a dificuldade para fazer gols eram os motivos. Foi nesta hora que uma fonte muito antiga me ligou anunciando a saída de Tite.

Durante o encontro, o presidente Mario Gobbi sugeriu que Tite pedisse demissão. Assim, ficaria menos chato. Afinal, mandar um técnico campeão mundial embora poderia soar mal. Mas Tite se recusou. E afirmou algo como "se quiserem, vocês me mandam embora. Mas eu não vou abandonar o barco".

Gobbi, Roberto de Andrade e Duílio Monteiro Alves pediram um tempo para conversar a sós. Tite e Edu Gaspar saíram da sala e ficaram esperando por um longo tempo em uma sala anexa do CT do Parque Ecológico.

Foi então que Fábio Santos, Paulo André e Alessandro foram até o presidente Mario Gobbi. Imploraram pela permanência de Tite. Afirmaram ainda que o problema não é do treinador e asseguraram que os resultados vão aparecer.

Gobbi então chamou Tite de volta à sala de reunião e decidiu mantê-lo. A decisão é oficial e foi tomada há instantes.

Fonte: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Jô, pivô de polêmica nesta semana, está confirmado ante os argentinos

    Em treino na Argentina, Carille 'dribla' falta de energia e ensaia Corinthians com três mudanças

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes
  • Jô falou com a imprensa nesta terça-feira já na Argentina

    Jô admite toque no braço, nega trapaça e abre o jogo sobre polêmica no Corinthians

    ver detalhes
  • Apresentadora Renata Fan fez analogia infeliz com polêmica envolvendo Jô

    Renata Fan compara Jô a 'ladrão' e revolta torcida do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes