Corinthians fica sem Emerson e Guerrero diante do Criciúma

Corinthians fica sem Emerson e Guerrero diante do Criciúma

Corinthians fica sem Emerson e Guerrero diante do Criciúma

Corinthians fica sem Emerson e Guerrero diante do Criciúma

Itu, SP, 18 (AFI) - O técnico Tite pretendia escalar o Corinthians com três atacantes diante do Criciúma, neste sábado, em Itu, no interior de São Paulo, para tentar acabar com a sequência de quatro jogos sem vitória - três empates e uma derrota. Mas ficou sem duas opções para o setor, com as ausências de Emerson e Guerrero, e terá que armar o time com apenas dois na frente: Alexandre Pato e Romarinho.


Ainda com dores no pé esquerdo - tem uma fissura no quinto metatarso e uma inflamação no local -, Guerrero nem viajou com a delegação corintiana para Itu. E Emerson recebeu nesta sexta-feira a suspensão de 1 jogo, ao ser condenado em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela agressão ao volante Ferdinando, da Portuguesa, em duelo do dia 29 de setembro.

Apesar de não ter recebido cartão do árbitro na partida, Emerson foi condenado pelo STJD pelas imagens da tevê e acabou sendo punido, virando desfalque diante do Criciúma. O zagueiro Gil também foi julgado nesta sexta-feira, pela expulsão no mesmo confronto com a Portuguesa em Campo Grande, e pegou 1 jogo de suspensão - como já foi cumprido, ele poderá jogar normalmente neste sábado.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Jadson deve ser opção a partir da próxima quarta-feira, dia 1

    Jadson confirma que se colocou à disposição para enfrentar o Palmeiras e crava jogo da reestreia

    ver detalhes
  • Fellipe Bastos, à direita, deve retornar ao time; Léo Jabá é dúvida

    Corinthians terá ao menos uma mudança na escalação para encarar Palmeiras

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade seguem aliados na política do Corinthians

    Fortalecido após veto do impeachment, Andrés Sanchez cogita voltar à presidência do Corinthians

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade assumiu presidência do Corinthians em fev/2015 e segue até fev/2018

    Conselheiros barram votação do impeachment, e Roberto de Andrade segue presidente do Timão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes