Corinthians está com 'inhaca', diz presidente Mario Gobbi

Corinthians está com 'inhaca', diz presidente Mario Gobbi

Em entrevista à Rede Jovem Pan Sat na manhã desta segunda-feira, o presidente Mario Gobbi diz não saber o que se passa com o Corinthians. Mesmo celebrando a vitória magra diante do Criciúma, sábado à noite, em Itu, por 1-0, Gobbi reconhece que a situação corintiana no momento não era imaginada por ninguém.

Quando este 2013 começou, na condição de campeão da Libertadores e do Mundial, o Corinthians sonhava em repetir a dose. E mais: ganhar o Campeonato Brasileiro também.

Na Libertadores o time caiu diante de Carlos Amarilla, numa das piores arbitragens que eu vi em quase 35 anos de carreira. Sem a Libertadores, ao ser eliminado pelo Boca Juniors/Amarilla, adeus ao sonho do Mundial. E no Brasileiro, quando se imaginava que fosse brigar pelo título, o time briga, no momento, é para evitar o rebaixamento, contrariando o prognóstico da esmagadora maioria da imprensa.

“Se a gente soubesse o que fazer, a gente faria”, disse Gobbi ao repórter Luis Carlos Quartarollo. “O time tem tudo o que precisa. O elenco é forte, a comissão técnica é competente. Se alguém disser o que falta, a gente vai atrás. Mas não há explicação. O Corinthians está é com inhaca. Aquela fase que todos que atingem o topo acabam passando”.

Mas é fato também que alguns jogadores importantes do Corinthians, neste momento, negam fogo. Danilo, o grande maestro do time, vive fase horrível. Emerson Sheik, o artilheiro dos gols decisivos, também está mal e se notabilizou este ano mais por notícias fora do que dentro de campo. Renato Augusto é de vidro. Alessandro está velho. Fábio Santos também. Guerrero parece que esqueceu de jogar. E Pato é mais ficção do que realidade.

Além disso, o técnico Tite também não vive boa fase. Achou que sua estrutura defensiva seria suficiente para deixá-lo no topo por muito tempo. Os adversários entenderam como o Corinthians joga e estão sabendo lidar com a situação.

Então, presidente Gobbi, pode ser que o Corinthians esteja com “inhaca”, mas que esses problemas existem — isso ninguém discute. Trate, portanto, de resolvê-los; afinal, o senhor é o presidente do Corinthians.

E cuidado com as renovações e contratações no ano que vem. E de quebra, vá a uma benzedeira: não custa nada — e mal não faz. Assim, ano que vem, se o time estiver em má fase, o senhor descarta a hipótese da “inhaca”.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes