Tite nega indisciplina de Emerson, que começa no banco contra o Grêmio

Tite nega indisciplina de Emerson, que começa no banco contra o Grêmio

Danilo e Sheik serão reservas contra o Grêmio

Danilo e Sheik serão reservas contra o Grêmio

Tite negou que a ausência de Emerson no treinamento desta terça tenha sido por conta de um ato de indisciplina. Segundo ele, o atacante sentiu dores no tornozelo esquerdo e, por isso, fez apenas um trabalho físico. O treinador teve trabalho, no entanto, para esclarecer todos os detalhes da história.


'Não tem mistério nenhum. Emerson, Fábio Santos e Renato Augusto fazem um aquecimento prévio para depois vir para o campo. O Emerson tem um problema no tornozelo há bastante tempo. Às vezes ele está no jogo sem estar 100%. Eu achei que ele viria, fui comunicado pelo DM. Os demais tiveram condição', disse Tite, acrescentando que o Sheik deve começar no banco de reservas contra o Grêmio, na próxima quarta.

Emerson, de acordo com a assessoria de imprensa do clube, está concentrado no CT Joaquim Grava desde a noite da última segunda. Embora não tenha ido para o gramado, o atacante foi flagrado pelos repórteres em uma área mais afastada do treinamento.

Porém, até pelo histórico do atacante, Tite foi questionado seguidas vezes sobre um suposto atraso. 'A gente tem de ter muito cuidado com a informação. Ele estava no horário certo, permaneceu, fez o tratamento, tentou vir paro treino... Não teve atraso nenhum. Quando tem, tem. Quando não tem, não tem', disse o treinador.

Só que Tite citou dois atrasos recentes do atacante, sem especificar quando eles aconteceram. Em 2013, o Corinthians só admitiu dois problemas disciplinares do atacante, que chegou a ser multado no primeiro semestre. Desta vez, um dos vacilos do teria ocorrido na semana passada, após o jogo contra o Grêmio.

'O Edu [Gaspar, gerente de futebol] tem condição de passar. Foi ele que deu uma autorização que ele tinha. Vou pedir para a Renata [Daros, assessora de imprensa] passar para vocês de uma forma correta, clara. Foi uma situação que ele combinou de uma saída. Nesse meio tempo ele vai ter condição de esclarecer', disse Tite.

Depois da partida em Porto Alegre, Emerson foi liberado para ir ao Rio de Janeiro resolver problemas particulares. Na sexta, encontrou a delegação direto em Itu, onde ocorreu o treino, indo de táxi desde Campinas, onde pousou após a passagem pela capital fluminense.

Duílio Monteiro, diretor-adjunto de futebol, disse que não chegou a ocorrer um problema de indisciplina. 'Ele combinou com a gente de encontrar direto em Itu. Não houve atraso nenhum', disse o cartola, em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes