Desconvocado por Felipão, atacante foi recusado por grandes clubes paulistas

Desconvocado por Felipão, atacante foi recusado por grandes clubes paulistas

Desconvocado por Felipão, atacante foi recusado por grandes clubes paulistas

Desconvocado por Felipão, atacante foi recusado por grandes clubes paulistas

' Nos últimos dias, não se falava em outro assunto, a não ser o 'não' do atacante Diego Costa à Seleção Brasileira. Após confirmar que defenderá a Espanha na Copa do Mundo de 2014, verdades sobre o atacante vieram à tona. Porém, o que poucos sabem, é que quando atuava em terras tupiniquins, o jogador foi oferecido para grandes clubes do futebol paulista, que não abriram as suas portas.


A informação foi revelada pelo presidente do Barcelona de Capela, Paulo Moura. No Barça, o jogador iniciou o seu contato com bola, cresceu e desandou a marcar gols, o que fez com que o mandatário apresentasse Diego Costa, em 2005, ao Palmeiras, São Paulo e Corinthians. Em todos os casos, ele escutou: 'jogador igual a ele, temos um monte aqui'.

A recusa não desestimulou Diego Costa e muito menos o presidente do Barcelona, que procurou outro mercado para o jogador. O destino foi o Braga, de Portugal. Daí passou pelo Penafiel-POR e rodou pelo futebol espanhol, até parar no Atlético de Madrid, onde brilhou e vem chamando atenção de todos, principalmente nesta temporada, já que é o artilheiro do Campeonato Espanhol.

Sobre a decisão de Diego Costa em defender a seleção da Espanha, o presidente afirmou que seu ex-jogador fez a escolha certa, pois o Brasil nunca quis o atacante. Ao contrário da Espanha, que abriu as portas e deixou o atleta brilhar.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Marquinhos Gabriel é aposta do Corinthians para triunfar em território hostil. Vale a aposta?

    Contra o Racing, Corinthians decide classificação às quartas da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Mesmo com torcida única, Corinthians ainda não perdeu no Morumbi em 2017

    São Paulo anuncia ingressos esgotados para clássico contra o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Fachada do estádio, no alto, com imagens de ídolos e os anos de glórias

    Estádio do rival do Corinthians cultua e respeita a história de quem fez história pelo clube

    ver detalhes
  • Carille conduziu trabalho do Timão no estádio Presidente Perón

    Carille explica mudanças no Corinthians e pede 'jogo inteligente' por vaga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes