Para endurecer com CBF, Bom Senso FC planeja usar nariz de palhaço

Para endurecer com CBF, Bom Senso FC planeja usar nariz de palhaço

Para endurecer com CBF, Bom Senso FC planeja usar nariz de palhaço

Para endurecer com CBF, Bom Senso FC planeja usar nariz de palhaço

Insatisfeito com a atitude da CBF nas negociações, o Bom Senso FC já estuda os próximos passos para endurecer o movimento nos pedidos de mudanças no calendário. Entre as medidas cogitadas, está um protesto com os jogadores usando nariz de palhaço. A greve já não é descartada e surge como ponto final da caminhada se não houver uma alteração da posição da confederação.

O caminho do movimento dos jogadores sempre foi a procura pelo diálogo com a CBF e com a Globo. Houve reuniões com ambas. Mas não houve nenhuma demonstração das duas partes de atender as demandas por uma redução de jogos, apenas a implementação de uma pre-temporada e de férias, ambas de 30 dias, para 2015.

Os encontros com a cúpula da CBF foram demonstrações da falta de diálogo dos cartolas. Em nenhum momento, houve uma argumentação lógica para rebater os pedidos dos jogadores. Mas ficou claro que não havia disposição por mudança.

No entendimento dos atletas, isso ocorre porque a confederação quer manter a estrutura que atende politicamente às federações estatuais, com campeonatos locais inchados. Ainda mais às vésperas da eleição na confederação em que é candidato Marco Polo Del Nero, aliado do atual presidente José Maria Marin.

A reunião com representantes da emissora também foi decepcionante porque a empresa não se mostrou disposta a abrir mão das datas a que tem direito por contrato. Ou seja, sem uma queda dos jogos exigidos pela televisão, seria impossível reduzir o calendário.

O Bom Senso FC fala em levar o diálogo até o extremo. Mas já estuda as medidas para aumentar a força do movimento, embora os mantenha em sigilo. Haverá uma manifestação na rodada deste final de semana.

Para os jogos seguintes, já foi discutido protesto mais radical. Um dos atletas sugeriu que todos usassem narizes de palhaço. A ideia teve grande aceitação entre os jogadores. E eles estão guardando esse protesto para um momento no futuro se a CBF não voltar a negociar.

Com Guilherme Costa
Insatisfeito com a atitude da CBF nas negociações, o Bom Senso FC já estuda os próximos passos para endurecer o movimento nos pedidos de mudanças no calendário. Entre as medidas cogitadas, está um protesto com os jogadores usando nariz de palhaço. A greve já não é descartada e surge como ponto final da caminhada se não houver uma alteração da posição da confederação.

O caminho do movimento dos jogadores sempre foi a procura pelo diálogo com a CBF e com a Globo. Houve reuniões com ambas. Mas não houve nenhuma demonstração das duas partes de atender as demandas por uma redução de jogos, apenas a implementação de uma pre-temporada e de férias, ambas de 30 dias, para 2015.

Os encontros com a cúpula da CBF foram demonstrações da falta de diálogo dos cartolas. Em nenhum momento, houve uma argumentação lógica para rebater os pedidos dos jogadores. Mas ficou claro que não havia disposição por mudança.

No entendimento dos atletas, isso ocorre porque a confederação quer manter a estrutura que atende politicamente às federações estatuais, com campeonatos locais inchados. Ainda mais às vésperas da eleição na confederação em que é candidato Marco Polo Del Nero, aliado do atual presidente José Maria Marin.

A reunião com representantes da emissora também foi decepcionante porque a empresa não se mostrou disposta a abrir mão das datas a que tem direito por contrato. Ou seja, sem uma queda dos jogos exigidos pela televisão, seria impossível reduzir o calendário.

O Bom Senso FC fala em levar o diálogo até o extremo. Mas já estuda as medidas para aumentar a força do movimento, embora os mantenha em sigilo. Haverá uma manifestação na rodada deste final de semana.

Para os jogos seguintes, já foi discutido protesto mais radical. Um dos atletas sugeriu que todos usassem narizes de palhaço. A ideia teve grande aceitação entre os jogadores. E eles estão guardando esse protesto para um momento no futuro se a CBF não voltar a negociar.

Com Guilherme Costa



Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes
  • Kalil, à direita de Roberto de Andrade, pediu licença de 60 dias

    Vice-presidente solicita licença do cargo e dispara contra diretoria do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes