'Até tirei foto da lista dos relacionados'

'Até tirei foto da lista dos relacionados'

'Quando voltei, até tirei foto da lista dos relacionados', revelou

'Quando voltei, até tirei foto da lista dos relacionados', revelou

Foto: Daniel Augusto Jr./Corinthians

O fim de ano está longe de ser o esperado pelo Timão. Apesar de ter faturado o Paulistão e a Recopa em 2013, ultimamente, o time vem colecionando mais problemas do que alegrias. Má fase no Brasileirão, Tite por um fio, jogadores contestados, provável ausência na Libertadores do ano que vem... Está difícil achar motivos para sorrir no Réveillon. Isso, é claro, para quem não for passar as festas na casa de Guilherme Andrade.

O volante, que também atua como lateral-direito, deixou a ruptura do ligamento cruzado do joelho direito, sofrida no dia 7 de abril, para trás. Ele esteve à disposição para os dois últimos jogos, contra Santos e Vitória, e não pretende ficar mais seis meses afastado. Daqui para a frente, é só alegria.

'É difícil, porque a gente está em um momento não muito bom. Mas para mim, pessoalmente, foi muito bom voltar ao banco de reservas. Fiquei muito feliz. Seguir seis meses parado e depois voltar, é bom demais', disse Guilherme, ao DIÁRIO.

Até mesmo os receios de quem retorna, normais a qualquer jogador afastado durante um extenso período, ficaram para trás. Se Tite precisar, é só colocá-lo em campo.

'No começo, eu tinha algum receio. Mas agora já divido (a bola) normalmente e não sinto dores. Faço um reforço antes dos treinos, mas é de praxe. Se precisar de mim, estou 100%', garantiu o meio-campista.

Acostumado com lesões de sua época de jogador, Tite entende o atleta. 'Ficar fora é o que deixa os caras mais arrasados. O departamento médico tem de trabalhar o físico e a cabeça', explicou o treinador.

posição/ Depois de tanto tempo parado, Guilherme Andrade quer é voltar a jogar o mais rápido possível. Não importa se for no meio de campo, na lateral direita, na esquerda, na zaga, no gol...

'Hoje, eu posso falar que sou volante e lateral. Faço as duas posições. Até nos treinos, costumo fazer as duas. Para falar a verdade, na posição em que o Tite me colocar, eu jogo', brincou o volante ou o lateral, enfim, o polivalente Guilherme.

Vale tudo para fazer em 2014 mais do que apenas as cinco partidas que realizou em 2013.

Ver jogo pela TV, nunca mais.

Entrevista com Guilherme Andrade, volante e lateral do Timão

DIÁRIO_ O que passou pela sua cabeça no momento em que se machucou? Já sabia que seria uma lesão grave?

GUILHERME ANDRADE_ No vestiário, o médico já passou e falou que era grave. Sentia muita dor e sabia que era sério, mesmo. Foi complicado, mas estou aqui, de volta.

Ver os companheiros passando por uma má fase e não conseguir contribuir em campo deixou você abalado?

É pior ainda passar por essa situação e só ficar vendo pela TV, sem conseguir fazer nada para ajudar. É muita emoção do lado de fora, não é nem um pouco legal. Prefiro muito mais estar em campo e viver o momento.

Passada a recuperação, como foi ver o seu nome novamente em uma lista de relacionados para a partida?

Nossa, fiquei muito feliz. Quando voltei, até tirei foto da lista dos relacionados e mandei para a família. Estava acostumado a ver só o nome do outro Guilherme. Foi até estranho.

POR: Lucas Bettine: Diário de São Paulo

Veja Mais:

  • Índio deu a vitória ao Corinthians/UNIP

    Com gol no fim, Corinthians vira para cima do Sorocaba e se aproxima do título nacional

    ver detalhes
  • Oswaldo comandou atividades desta segunda-feira

    Oswaldo esboça Corinthians para duelo com Cruzeiro; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Oya é um dos destaques do Timão na disputa no Sul do Brasil

    Timão joga bem, mas não impede segunda derrota na Copa Internacional Sub-20

    ver detalhes
  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes