Alexandre Pato é último a deixar treino, mas escalação é incerta no Corinthians

Alexandre Pato é último a deixar treino, mas escalação é incerta no Corinthians

Pato durante treino do Corinthians

Pato durante treino do Corinthians

Aliviado por ter feito o gol, de pênalti, que deu a vitória ao Corinthians na partida contra o Fluminense, domingo, Alexandre Pato foi o último atleta a deixar o treino desta segunda-feira. Ele participou de uma atividade com bola ao lado dos reservas e depois, sozinho, treinou cobranças de falta - não havia goleiro e ele tentou, sem sucesso, acertar um colete que estava pendurado no ângulo direito.

Pato tem chance de ser escalado como titular no jogo desta quarta-feira contra o Coritiba, às 21h50, no Couto Pereira. Isso porque Renato Augusto fez exames clínicos e apresentou desgaste físico acima do normal após a vitória diante do Fluminense. Assim, o meia, que vem jogando mais avançado, poderia ser poupado. Outro jogador que também se mostrou mais desgastado que os demais foi o meia Douglas.

O volante Guilherme também é tratado como dúvida para enfrentar o Coritiba. Ele sofreu uma entorse no tornozelo direito contra o Flu e será reavaliado nesta terça-feira, quando o técnico Tite deve confirmar a equipe que vai ao Couto Pereira. Se vencer a partida, o Corinthians, com 45 pontos, afasta qualquer chance de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Juninho Capixaba acertou com o Corinthians no início de janeiro

    Após atraso, Juninho Capixaba aparece no BID e está regularizado no Corinthians

    ver detalhes
  • Novo patrocínio

    Corinthians anuncia novo patrocinador; estreia já nesta quarta-feira

    ver detalhes
  • Corinthians e Ponte Preta reeditam decisão de 2017 nesta quarta-feira

    TV Globo exibe estreia do Corinthians no Paulistão para só um estado; veja opções

    ver detalhes
  • Mateus Vital foi regularizado pelo Corinthians no BID

    Mateus Vital é registrado no BID após acerto com Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes