Grato ao Corinthians, Tite evita adeus e avisa: "O trabalho não acabou"

Grato ao Corinthians, Tite evita adeus e avisa: "O trabalho não acabou"

Chegada de Tite ao Corinthians

Chegada de Tite ao Corinthians

Logo depois de o presidente do Corinthians, Mario Gobbi oficializar, nesta sexta-feira pela manhã, no CT do clube, que não irá renovar o contrato de Tite para a próxima temporada, o técnico evitou dar um adeus antecipado e lembrou que ainda tem seus últimos dias de trabalho a cumprir na equipe do Parque do São Jorge.


O comandante destacou que a sua saída após o término do contrato, que se encerra em 31 de dezembro, foi decidida em comum acordo entre as duas partes, assim como assegurou que ainda está motivado para comandar o time corintiano nas últimas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro.

'Duas coisas que quero registrar: o aspecto de verdade, nos reunimos ontem (quinta-feira), foi decidido de forma conjunta (a saída) e que não iríamos esconder isso. O outro aspecto é que o trabalho não terminou, despedida só vou fazer quando fecharmos o ultimo jogo, temos um compromisso importante, temos uma busca de Libertadores', disse Tite, para depois reconhecer que este último objetivo no cargo é uma meta complicada, pois o time não depende mais só de si próprio para cumpri-la.

'Ela (a chance de classificação para Libertadores) é pequena, mas eu apreendi a abraçar a possibilidade real, esse foi o discurso que fizemos com o atleta, esse é o objetivo, estou grato e orgulhoso por tudo que conquistamos. Ainda não terminou, é o treino de hoje, quero o treino de amanhã, e quero o jogo de domingo. Depois, vai ter uma situação melhor a ser aflorada, o trabalho ainda não terminou', completou.

Nesta sua segunda passagem como técnico do Corinthians, Tite foi campeão brasileiro em 2011, da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012 e do Campeonato Paulista e da Recopa Sul-Americana nesta temporada. Contabilizando as suas duas passagens pelo time, após a primeira entre 2004 e 2005, ele soma 268 jogos, 131 vitórias, 83 empates e 54 derrotas no comando da equipe.

O Corinthians voltará a jogar neste domingo, contra o Vasco, no Pacaembu, pela 35.ª rodada do Brasileirão, no qual hoje ocupa a décima posição, com 48 pontos, oito atrás do Goiás, primeiro time do G4 da tabela de classificação.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Marlone foi o destaque do treino desta quinta-feira

    Marlone marca, Caíque ganha chance e Oswaldo volta a ensaiar escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • Léo Jabá, marcado por Balbuena a imagem acima, está à disposição de Oswaldo

    Léo Jabá tranquiliza Corinthians após susto e está à disposição para jogo contra Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians tem missão complicada por vaga na Libertadores

    Resultado da Copa do Brasil complica ainda mais situação do Corinthians rumo à Libertadores

    ver detalhes
  • Guilherme Arana disputará Sul-Americano no Equador

    Corinthianos são convocados para Sul-Americano Sub-20; Jabá fica fora

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes