Arena Corinthians retoma obras com serviços leves e oração a funcionários mortos

Arena Corinthians retoma obras com serviços leves e oração a funcionários mortos

Arena Corinthians retoma obras com serviços leves e oração a funcionários mortos

Arena Corinthians retoma obras com serviços leves e oração a funcionários mortos

Os serviços na Arena Corinthians foram retomados nesta segunda-feira após acidente ocorrido na quarta-feira passada. Antes do início das atividades, os funcionários presentes rezaram em homenagem aos dois mortos na tragédia ?'Fábio Pereira, 42 anos, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44 anos.

O trecho onde houve o desabamento de peça metálica segue interditado por tempo indeterminado.

O ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, esteve na Arena Corinthians neste reinício de atividades.

De acordo com a Odebrecht, empreiteira responsável pela obra, 1.350 trabalhadores voltaram ao trabalho.
Os serviços ficarão concentrados nas áreas oeste, norte e sul, além de arquibancadas e gramado.

Cerca de 30% da área leste do estádio, o equivalente a 5% de toda a obra, está interditada pela Defesa Civil.

Por enquanto, os serviços reiniciados serão mais leves, envolvendo piso, parte elétrica e atividades no gramado do estádio.

Na sexta-feira, peritos alemães chegaram a São Paulo para analisar a caixa preta do guindaste que caiu. Ao verificar os dados, os profissionais pretendem encontrar pistas que possam indicar qual foi o motivo do acidente.

Três hipóteses do acidente são levantadas: deslizamento do solo, falha humana e problema mecânico.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians se despediu da Arena no empate por 0 a 0 com o Atlético-PR

    Maior do país, público do Corinthians é duas vezes a média do Brasileirão 2016

    ver detalhes
  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes