Por irregularidade, Portuguesa pode ser rebaixada para a Série B

Por irregularidade, Portuguesa pode ser rebaixada para a Série B

Meia Héverton teria sido escalado irregularmente pela Portuguesa na última rodada do Brasileirão

Meia Héverton teria sido escalado irregularmente pela Portuguesa na última rodada do Brasileirão

A palhaçada do tapetão pode começar após dois clubes cariocas caírem para a Série B. Por ter escalado um jogador que estava suspenso, a Portuguesa pode perder quatro pontos e cair para a 17ª posição, livrando o Fluminense do rebaixamento.

O meia Héverton estava suspenso por 2 jogos, cumpriu um mas entrou em campo na última rodada do Brasileirão, contra o Grêmio.

O procurador-geral do STJD comentou o caso: "Soubemos hoje [terça], através de um telefonema da CBF, que existe essa irregularidade. Já estamos analisando e, amanhã [quarta], iremos elaborar uma denúncia. Se confirmado o erro, a Portuguesa pode sim perder estes pontos. Vamos analisar o caso", disse, Paulo Schmitt.

Outro clube que pode perder pontos é o Flamengo. O lateral-esquerdo André Santos também atuou de forma irregular na última rodada. Expulso contra o Atlético-PR na segunda partida da final da Copa do Brasil, André Santos entrou em campo contra o Cruzeiro no sábado. O Flamengo pode perder 4 pontos e terminar a competição com 45 pontos na décima sexta posição, uma acima do rebaixamento.

Veja Mais:

  • Pablo voltou a sentir dores na coxa e precisou deixar o gramado quarta-feira

    Pablo é diagnosticado com lesão e se torna desfalque do Corinthians

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians vem crescendo no Fiel Torcedor

    Torcida do Corinthians rompe nova barreira e se aproxima de vice-líder do torcedômetro

    ver detalhes
  • Clayson pode ser titular contra o Fluminense, mas outros estão no páreo.

    Sem Carille, definição do time titular do Corinthians no Rio é adiada

    ver detalhes
  • Pablo para por até seis semanas no Corinthians

    Médico do Corinthians explica lesão de Pablo e nega relação com contratura

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes