Anunciado na quarta-feira, Mano encontrará mercado truncado e indefinições

Anunciado na quarta-feira, Mano encontrará mercado truncado e indefinições

Anunciado na quarta-feira, Mano encontrará mercado truncado e indefinições

Anunciado na quarta-feira, Mano encontrará mercado truncado e indefinições

Uma entrevista coletiva do diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, nesta quarta-feira, no CT Joaquim Grava, deverá oficializar Mano Menezes como novo técnico do clube alvinegro. Mano já começara o trabalho focado no planejamento para 2014, visando apagar o mau desempenho do time nesta temporada, e deve encontrar dificuldades na montagem do elenco.

A diretoria corintiana vê a lateral direita como prioridade. Com a aposentaria de Alessandro, a posição conta com Guilherme Andrade, que jogou pouco em 2013, e Diego Macedo, emprestado da Ponte Preta. O Timão demonstrou interesse em Rafinha, do Bayern, que vem jogando regularmente na Alemanha - o titular Phillip Lahm está lesionado - e não deve ser liberado. Existem poucas alternativas no mercado.

Os volantes costumam ser a espinha dorsal das equipes montadas por Mano Menezes. Atualmente com Ralf, Guilherme e Jocinei, o setor será reforçado com um nome forte, que tenha a confiança do treinador.

Elias, sonho da cúpula alvinegra, dificilmente sairá do Flamengo, classificado para a Libertadores. Igualmente difícil é a vinda de Cristian, outro que está na mira: seu contrato com o Fenerbahce, da Turquia, termina só em 2015. O UOL Esporte apurou que o perfil do volante Souza, do Grêmio, agrada a membros da diretoria do clube. O jogador é empresariado por Carlos Leite, que também é agente de Mano, mas tem 50% de seus direitos vinculados ao clube gaúcho, que também disputará a Libertadores e do qual é peça chave.

O ataque corintiano também será reforçado, mas com menos urgência. Um grande investimento só deverá ser feito em caso da saída de Pato ou Guerrero. A defesa também não um setor preocupante: a avaliação da dupla titular, com Gil e Paulo André, é positiva, e há boas opções de cobertura, como Cleber. A grande aposta para a meia segue sendo Renato Augusto, mas o clube está atento a jogadores que se destacaram no mercado doméstico e conversa com Everton, do Atlético-PR.

Além da busca por reforços, há também as indefinições quanto a possíveis saídas. Ralf já está na mira de clubes europeus há mais de um ano, e deve sair desta vez em caso de proposta. Danilo e Emerson também devem ser negociados caso surja uma oportunidade, assim como Romarinho.

O gerente de futebol Edu Gaspar, que selou sua permanência no cargo, está prestigiado pela diretoria e deverá participar ativamente das negociações. Ao lado de Mano Menezes, terá pouco mais de um mês, até o dia 19 de janeiro, quando começa o Campeonato Paulista, para montar um elenco capaz de brigar por títulos em 2014.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Oswaldo defendeu utilização da cor verde em homenagem à Chapecoense

    Oswaldo comenta tragédia da Chapecoense e é mais um a defender cor verde no Corinthians

    ver detalhes
  • Sala de cabines de TV da Arena passa a ser chamada Lilácio Pereira Jr.

    Corinthians batiza sala de transmissões da Arena em tributo a vítima de acidente

    ver detalhes
  • Golaço de Marlone sobre Cobresal rendeu a ele indicação ao Puskás

    Marlone supera Messi e Neymar e vai à final do Prêmio Puskás da Fifa

    ver detalhes
  • Luidy (boné) conheceu o CT Joaquim Grava na última quinta-feira

    Contratação do Corinthians vai ao CT pela primeira vez

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes