Corinthians pode deixar de ganhar até R$ 75 milhões por ano ruim e acidente

Corinthians pode deixar de ganhar até R$ 75 milhões por ano ruim e acidente

Corinthians pode deixar de ganhar até R$ 75 milhões por ano ruim e acidente

Corinthians pode deixar de ganhar até R$ 75 milhões por ano ruim e acidente

O Corinthians liderou com folga o ranking de receitas dos clubes brasileiros em 2012, com um faturamento superior a R$ 300 milhões.  Em 2013, o resultado deve ser parecido, mesmo com a eliminação precoce na Libertadores. Mas, para 2014, o mau desempenho esportivo desta temporada e o acidente na Arena Corinthians serão empecilhos à projeção de crescimento.

O ano que vem deveria ser, em tese, histórico para o Corinthians, impulsionado pelas receitas do novo estádio e colhendo os frutos do alto investimento feito no elenco neste ano, com as contratações de Gil, Alexandre Pato e Renato Augusto. Mas, fora das competições continentais e com os imprevistos nas obras, o clube pode deixar de ganhar até R$ 75 milhões em relação às receitas previstas.

Tudo isso ocorre em um momento no qual o Corinthians precisa reforçar o elenco após um ano turbulento e decepcionante, além de se mobilizar para arcar com as dívidas decorrentes da construção da Arena Corinthians, que já tem, só para o clube, custo em torno de R$ 600 milhões.

O acidente na Arena Corinthians foi um golpe na principal nova fonte de receita corintiana. A diretoria estimava o faturamento do estádio entre R$ 150 a R$ 200 milhões. A inauguração em abril, em vez de dezembro ou janeiro como previsto, pode representar uma perda entre R$ 37,5 e R$ 50 milhões da receita esperada pelo clube.

Além disso, o conselho deliberativo do Corinthians já aprovou a criação de um fundo que vai antecipar as receitas de camarotes e setor VIP. A maior parte destes recursos será utilizada diretamente no pagamento dos juros de empréstimos feitos pela Odebrecht para manter as obras em andamento com a demora na liberação do financiamento do BNDES.

O dinheiro de premiações também farão falta. Apesar de parecer ínfimo diante das receitas de transmissão, esse valor ainda é significativo para os clubes do Brasil. Assim como aconteceu com o Corinthians em 2012, o Atlético-MG faturou cerca de R$ 12 milhões com o título da Libertadores. Os valores, principalmente em caso de uma boa campanha, são significativos: US$ 200 mil por jogo em casa na fase de grupos. Nas oitavas, ganha 400 mil, e passa a ganhar 450 mil das quartas em diante.

O expressivo número atingido pelo Corinthians em 2012 também teve participação do Mundial de Clubes, que rendeu, na época, R$ 10,5 milhões. O valor conjunto de Libertadores e Mundial, que poderia chegar a quase R$ 25 milhões caso o alvinegro tivesse se classificado, ficou inviável com a equipe fora do torneio continental.

Fonte: Terceiro Tempo

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes