Argumento dos rivais do Corinthians vão pro ralo com vitória do Raja Casablanca

Argumento dos rivais do Corinthians vão pro ralo com vitória do Raja Casablanca

Por Meu Timão

Time do Raja Casablanca está na final do Mundial de clubes

Time do Raja Casablanca está na final do Mundial de clubes

Os dois argumentos que os torcedores rivais do Corinthians tinham pra tentar diminuir o peso dos mundiais conquistados pelo clube, acabam de ir pro fundo do ralo.

A vitóra do Raja Casablanca em cima do Atlético Mineiro prova que o Mundial de Clubes precisar ter um representante de cada continente. Nos antigos torneios intercontinentais que alguns rivais venceram e apelidaram de Mundial, o campeão da Libertadores enfrentava o campeão da Champions League, não haviam representantes dos outros continentes (e normalmente ainda o campeão europeu jogava o amistoso com time misto).

Outro ponto que acaba de ser invalidado, é que o time Africano não foi campeão continental pra jogar o Mundial. O Raja foi apenas campeão nacional e entrou como time do país sede, exatamente como o Mundial de Clubes em 2000 onde o Corinthians sagrou-se campeão do mundo pela primeira vez, mesmo sem ter ganhado a Libertadores, mas tendo conquistado o campeonato brasileiro.

Intercontinental não é mundial

Veja Mais:

  • Fiel apoiou Timão no treino pré-Dérbi em Itaquera

    Fiel provoca rival na Arena: 'Você não vive sem a Série B'; assista

    ver detalhes
  • Bandeiras de mastro na Arena Corinthians

    'O melhor treino para o maior clássico do mundo', por Bruno Teixeira Rolo

    ver detalhes
  • Kazim terá nova oportunidade como titular diante do Palmeiras

    Em treino aberto na Arena, Carille define novo Corinthians para clássico

    ver detalhes
  • Carille terá onze suplentes à disposição no clássico

    Jadson fica fora do Dérbi; veja lista de relacionados do Corinthians

    ver detalhes

E agora, o que os Antis vão falar?

  • 1000 caracteres restantes